Quando comer é um acto de amor

Foto

Comer é um acto de amor. Escreve-o Daniela Ricardo, que acaba de lançar um autêntico manual de instruções para uma alimentação com amor.

“Comer não é apenas ingestão de alimentos físicos”, sugere a autora, que partilhou o livro Cozinhar com Amor com amigos (Fátima Lopes, Geninha Varatojo, Pedro Norton de Matos, Rute Caldeira, Luís Baião e Alexandre Gama), todos eles com direito a uma “cozinha”, onde apresentam as suas receitas.

O primeiro capítulo de Cozinhar com Amor ajuda a saber o que comprar, explica como organizar para amar cozinhar e ensina como comer de acordo com as quatro estações.

Percorridas mais de 300 páginas de refeições nutritivas e saudáveis, Daniela revela “a farmácia lá de casa”, cheia de remédios e mezinhas caseiras (alho, limão, orégão, lavanda, azuki, umeboshi, ume...).

Esta nova aventura de Daniela Ricardo, licenciada em Enfermagem e actualmente concentrada no projecto aBiofamily, que visa divulgar a culinária e um estilo de vida consciente e natural, surge depois do livro Viagens da Comida Saudável.