Portugal iguala melhor classificação, ao subir a terceiro no ranking da FIFA

A selecção nacional ultrapassou a Suíça, a Argentina e a Polónia. A Alemanha continua a assumir a liderança.

enric vives-rubio
Foto
enric vives-rubio

A selecção portuguesa, campeã europeia de futebol, igualou esta quinta-feira a sua melhor classificação no ranking da FIFA, ao subir ao terceiro lugar da hierarquia mundial, que voltou a ser liderada pela campeã mundial Alemanha.

Portugal, que já tinha atingido o terceiro lugar do ranking da FIFA em 2010, 2012 e 2014, subiu três posições no período de um mês, uma vez que ocupava o sexto posto, mas continua muito longe dos dois primeiros posicionados, a Alemanha e o Brasil.

A seleção sul-americana, que na classificação anterior tinha desalojado a Alemanha do comando, foi agora ultrapassada pelos germânicos, num ranking em que todos os países do "top-10" mudaram de posição, mas não se registou qualquer entrada nova nos 10 primeiros colocados.

Portugal superou a Argentina, vice-campeã mundial, que caiu de terceira para quarta, a Suíça, protagonista da maior queda no grupo da frente, de quarta para sétima, e a Polónia, que desceu um lugar, para sexta.

Em sentido contrário, a Bélgica subiu quatro posições, de nona para quinta, enquanto a França fez um percurso ascendente menos pronunciado, de 10.ª para oitava, ao contrário de duas seleções sul-americanas, o Chile (sétimo para nono) e a Colômbia (oitava para 10.ª).

Se a classificação se mantiver inalterada até Outubro, a Europa terá seis dos oito cabeças-de-série para a fase final do Mundial2018, uma vez que a Rússia, apesar de ocupar o 64.º lugar, tem direito a esse estatuto na qualidade de país anfitrião.

O Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz, é o melhor representante asiático, apesar de ter descido de 24.º para 25.º, enquanto o Burkina Faso, orientado pelo português Paulo Duarte, desceu de 47.º para 49.º.

Cabo Verde deu um "salto" de 47 lugares, de 114.º para 67.º, passando a assumir-se como o melhor representante dos países de expressão portuguesa, à frente da Guiné-Bissau (94.ª), Moçambique (108.º), Angola (137.º), São Tomé e Príncipe (176.º) e Timor-Leste (192.º).

Ranking da FIFA em 14 de Setembro

1. (2) Alemanha, 1.606 pontos.
2. (1) Brasil, 1.590.
3. (6) Portugal, 1.386.
4. (3) Argentina, 1.325.
5. (9) Bélgica, 1.265.
6. (5) Polónia, 1.250.
7. (4) Suíça, 1.210.
8. (10) França, 1.208.
9. (7) Chile, 1.195.
10. (8) Colômbia, 1.191.
(...)
25. (24) Irão, 865.
49. (47) Burkina Faso, 663.
67 (114) Cabo Verde, 548.
94. (92) Guiné-Bissau, 381.
108. (104) Moçambique, 309
137. (138) Angola, 219.
176. (178) São Tomé e Príncipe, 98.
182. (183) Macau, 72.
192. (196) Timor-Leste, 40.

(entre parêntesis a posição anterior)