Derrocada na Rua das Taipas, em Lisboa, faz um morto e um ferido

Derrocada ocorreu numa obra nesta artéria junto ao Príncipe Real.

Fotogaleria
LUSA/TIAGO PETINGA
Fotogaleria
LUSA/TIAGO PETINGA

A derrocada numa obra no número 18 da Rua das Taipas, paralela à Rua D. Pedro V, em Lisboa, fez pelo menos um morto e um ferido, confirmou ao PÚBLICO o presidente da Junta de Freguesia de Santo António, Vasco Morgado. As vítimas trabalhavam na obra onde se deu o acidente.

Vasco Morgado acrescentou que o ferido se encontra em estado grave. O autarca esclarece que a derrocada está relacionada com umas obras em curso nesta rua. 

À Lusa Vasco Morgado acrescentou que nesta rua, que se encontra vedada, há três obras a decorrer.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) confirmou à Lusa que a vítima mortal é um homem com cerca de 40 anos e indicou que foi declarado cadáver no local.

A outra vítima, afirmou a mesma fonte, é um homem de 56 anos que sofreu ferimentos e foi para o Hospital de S. José.

O alerta foi recebido pelo INEM às 15h59 e para o local foram enviados uma mota de emergência médica, uma viatura médica do Hospital de S. José, uma ambulância e o Regimento de Sapadores Bombeiros.

De acordo com informações de uma fonte dos Sapadores à Lusa, o acidente ocorreu num edifício que apenas tinha paredes e que estava a ser reconstruído. A mesma fonte indicou que uma parte da parede lateral direita ruiu.

A rua onde se deu a derrocada encontra-se fechada, visto que as viaturas de socorro ainda se encontram no local.

O Regime de Sapadores Bombeiros recebeu o alerta às 16h04.

A PSP indicou entretanto no local que o trabalhador que morreu é estrangeiro (de uma nacionalidade que não soube especificar) e que o ferido é português.