Arrendatários do LX Factory surpreendidos com compra do espaço por grupo francês

O grupo francês Keys Asset Management comprou o espaço à empresa Mainside Investments. Os novos donos do espaço pretendem aumentar a oferta. No entanto, os arrendatários desconheciam a compra do espaço.

Este é o primeiro investimento do grupo francês em Portugal.
Foto
Este é o primeiro investimento do grupo francês em Portugal. RUI GAUDENCIO / PUBLICO

O grupo francês Keys Asset Management comprou o espaço LX Factory, em Alcântara, à sociedade Mainside Investments. A notícia avançada ontem pelo Jornal de Negócios explica que a negociação da compra do empreendimento cultural e empresarial pelo grupo francês foi realizada nos últimos meses. No entanto, os arrendatários dos espaços não foram informados sobre a compra.

O PÚBLICO entrou em contacto com alguns destes arrendatários, como a Ler Devagar, a Confraria da Reciclagem e o restaurante A Praça, e todos afirmaram que ninguém foi avisado previamente da compra, sendo que alguns tomaram conhecimento através da notícia.

O Jornal de Negócios avança que o grupo Keys Asset Management comprou o espaço não pelos terrenos, mas pela “rentabilidade do conceito que lá existe”. O grupo francês especializado no imobiliário comercial adquiriu a Catumbel, marca da Mainside responsável pela gestão do LX Factory.

Actualmente, o espaço conta com cerca de 200 empresas. No entanto, a Keys Asset Management pretende aumentar a oferta, com a requalificação de alguns dos edifícios. A notícia adianta ainda que os planos para o futuro do LX Factory incluem o “aluguer de instalações para a realização de eventos, tirando partido da crescente popularidade da LX Factory”.

Existem também planos para a zona que circunda o espaço que, segundo o Jornal de Negócios, o grupo não divulgou. No entanto, o jornal refere que “o espaço exterior será objecto de obras, nomeadamente os arruamentos, com uma maior disciplina e organização do trânsito automóvel”.

O PÚBLICO tentou obter declarações do administrador da empresa Mainside Investments acerca da venda da Catumbel, mas sem sucesso até ao final desta edição.

O LX Factory teve como primeiro proprietário a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense, em 1846. A Companhia Industrial de Portugal e Colónias, a tipografia Anuário Comercial de Portugal e a Gráfica Mirandela foram os proprietários que se seguiram, após a falência do primeiro dono.

A Mainside Investments renovou o espaço, agora conhecido como LX Factory, em 2008. Para além deste projecto, a empresa portuguesa é responsável pelo edifício do bar Pensão Amor, no Cais do Sodré.

A nova empresa responsável pelo LX Factory é liderada por Pierre Mattei e Cyril Garreau e foi criada em 2011. Este é o primeiro investimento que o grupo Keys Asset Management faz em Portugal.

Texto editado por Ana Fernandes