Altice começa hoje a apagar a Meo das camisolas do FC Porto

A marca Meo vai começar a desaparecer de cena já hoje, no jogo dos dragões na Liga dos Campeões. Jogadores do FC Porto também vão usar os novos equipamentos na Taça de Portugal.

daniel rocha
Foto
daniel rocha

O FC Porto vai estrear esta quarta-feira no jogo contra os turcos do Besiktas uma nova camisola em que a marca Meo dá lugar à marca Altice. É o primeiro passo para o desaparecimento definitivo das marcas PT e Meo, dentro da estratégia global de uniformização de imagem que a Altice anunciou oficialmente em Maio.

Por enquanto, a utilização da marca Altice nas camisolas do FC Porto está “limitada a duas competições”. Além da Liga dos Campeões, os jogadores vão usar o novo equipamento em cada eliminatória da Taça de Portugal, revelou ao PÚBLICO fonte oficial da PT/Meo.

Preparados para o arranque da @uefachampionsleague? #FCPorto #FCPBJK #UCL

A post shared by FC Porto (@fcporto) on

A escolha da Liga dos Campões assenta quer na visibilidade internacional da competição, quer no facto de a Altice ter assegurado recentemente os direitos de transmissão dos jogos da prova em França, num negócio que segundo os meios de comunicação franceses terá rondado os 350 milhões de euros.

A opção pela Liga dos Campeões está “integrada numa estratégia de visibilidade internacional da marca, onde pesou a dimensão da competição e a projecção que o FCP tem na mesma”, disse fonte da PT.

Quanto à aposta na Taça de Portugal, a empresa explica que, “dado o carácter simbólico da Taça, e por ser uma festa do futebol”, era importante “marcar presença também nesta competição”.

Quando anunciou, em Nova Iorque, que as várias empresas do grupo passariam a ser “Altice”, o grupo de Patrick Drahi indicou que a mudança deveria estar concluída em todos os mercados nos primeiros meses de 2018.

Mudança definitiva em Janeiro

Questionada sobre o calendário para Portugal, fonte da PT disse que o processo de alteração das marcas “será feito de forma gradual em todos os países onde a Altice está presente”.

No entanto, o PÚBLICO sabe que o plano em cima da mesa passa por uma eliminação definitiva da imagem da Meo no arranque de 2018, em particular no futebol, onde a marca da Portugal Telecom está presente para além do FC Porto, nas camisolas do Rio Ave e Desportivo das Aves, por exemplo.

A escolha do timing da mudança da imagem de Meo para Altice tem a ver, no caso do futebol, com a necessidade de cumprir os compromissos assumidos com os fabricantes de equipamentos que, no caso do FC Porto, é a norte-americana New Balance.