Dupond e Dupont? As 11 canções de Tony Carreira e os 11 supostos originais

O Ministério Público acusa o cantor romântico português de ter plagiado 11 temas a artistas estrangeiros. E neles incluem-se alguns dos seus maiores sucessos.

MANUEL ROBERTO
Foto
MANUEL ROBERTO

São 11 as canções que o Ministério Público (MP) acusa Tony Carreira de ter plagiado, com a colaboração do compositor Ricardo Landum. Os arguidos “têm vindo a dispor de composições musicais alheias e da sua matriz, introduzindo-lhes alterações e arranjos como se fossem suas e sem que com isso tenham criado obras distintas, genuínas e íntegras”, acusa o MP. O músico considera, por sua vez, que a acusação de plágio é uma “queixa oportunista e injustificada”.

Compare os temas alegadamente plagiados e as de Tony Carreira.

Después De Ti... Qué vs. Depois de ti mais nada

Tzigane vs. Adeus até um dia

Toi qui manque à ma vie vs. Esta falta de ti

Suddenly You Love Me vs. Leva-me ao céu

City of New Orleans vs. Nas horas de dor

Puisque tu pars vs. Já que te vais

L'idiot vs. Sonhos de menino

Me muero, me muero vs. Se acordo e tu não estás

Regarde toi vs. O anjo que eu era

Je t’aime vs. Por ti

Ne viens pas vs. Porque é que vens