Sismo no México fez pelo menos 90 mortos

Só em Oaxaca, no Sul do país, morreram 71 pessoas.

Fotogaleria
Sismo no México destruiu habitações Reuters/STRINGER
Fotogaleria
Sismo no México destruiu habitações Reuters/STRINGER
Fotogaleria
Sismo no México destruiu habitações Reuters/STRINGER
Fotogaleria
Sismo no México destruiu habitações Reuters/STRINGER
Fotogaleria
Sismo no México destruiu habitações Reuters/CARLOS JASSO

O número de vítimas mortais do terramoto que abalou o México na madrugada se sexta-feira subiu para pelo menos 90, depois dos serviços de emergência no estado de Oaxaca, no Sul do País, confirmarem que só ali 71 pessoas tinham morrido.

“São 71 [pessoas mortas]. Apenas em Oaxaca”, disse Jesus Gonzalez, porta-voz da Protecção Civil daquele estado.

No estado vizinho de Chiapas, pelo menos 15 pessoas morreram, de acordo com as autoridades locais. Mais a norte, em Tabasco, foram confirmadas quatro mortes.

O sismo de magnitude 8,1 na escala de Richter teve o epicentro no mar, perto da costa de Chiapas, e foi mais forte do que o sismo que em 1985 matou milhares de pessoas na Cidade do México.

No Sul do país, as operações de socorro continuaram durante todo o dia de sábado, com muitas das pessoas mais afectadas sem vontade de voltar para as suas casas, em edifícios enfraquecidos, receando que as réplicas possam fazê-los desabar.