Reorganização do festival Rock In Rio em Lisboa para 2018

De Maio passa para a segunda metade de Junho e de cinco passará para apenas quatro dias.

A cantora Fergie na edição de 2016 do festival
Foto
A cantora Fergie na edição de 2016 do festival Miguel Manso

A edição portuguesa do festival Rock In Rio, que até aqui tinha sempre início em Maio, vai passar a acontecer pela primeira vez apenas na segunda metade do mês de Junho. Ao semanário Expresso, a directora do festival Roberta Medina, afirmou que o evento irá decorrer nos dias 23, 24, 29 e 30 de Junho, dessa forma acabando por se aproximar em termos de datas da realização de outros grandes festivais portugueses como o NOS Alive (12, 13 e 14 de Julho) e Super Bock Super Rock (19, 20 e 21 de Julho), apontados para o mês de Julho.

Segundo a responsável do evento, no entanto, esta nova estratégia deve-se às datas de digressão dos artistas e não com a calendarização dos festivais portugueses ou mesmo europeus, para além das condições meteorológicas poderem ser mais favoráveis também nessa altura. Além da nova calendarização o evento no próximo ano irá ter menos um dia, passando dos habituais cinco para apenas quatro, mantendo-se os cinco artistas por dia no palco principal.

Outra novidade será a inauguração de um novo espaço, no Parque da Bela Vista, denominado Pop District, que receberá agentes, entre comediantes e outras personalidades, com influência nas redes sociais e na internet em geral. Recorde-se que na edição de 2016 do Rock In Rio-Lisboa existiram vários contratempos, como o cancelamento na véspera do espectáculo da cantora Ariana Grande e o concerto dos Korn interrompido por questões técnicas, tendo no final do evento Roberta Medina declarado que em 2018 o festival poderia vir a mudar de datas, por causa das condições meteorológicas, tendo sido também dito na altura que os concertos poderiam vir a começar mais cedo, tendo em atenção o perfil familiar do evento.