Narciso pede maioria absoluta para governar Matosinhos

Candidato e antigo presidente da câmara conta com o apoio do actual líder da bancada do PS na assembleia municipal.

Foto
Narciso Miranda está na corrida à presidência da Câmara de Matosinhos LUIS EFIGENIO / NFACTOS

O candidato independente, Narciso Miranda, que disputa a presidência da Câmara de Matosinhos, pediu este sábado a maioria absoluta para “poder voltar” a gerir os destinos do concelho a partir de Outubro.

Numa acção de campanha na freguesia da Senhora da Hora, Narciso Miranda pediu aos matosinhenses a maioria absoluta para “poder resolver” os problemas que o concelho apresenta no plano da mobilidade, da saúde e do trânsito.

Esta acção de campanha decorreu na véspera da visita do secretário-geral do PS a Matosinhos. António Costa participa neste domingo num mega-almoço promovido pela candidatura de Luísa Salgueiro, que lidera a lista do PS Câmara de Matosinhos.

O líder da bancada do PS na Assembleia Municipal de Matosinhos, Monteiro da Mota, esteve ao lado de Narciso nesta acção de campanha e acusou a deputa socialista, Luísa Salgueiro, de “ter ficado calada quando o Hospital de Matosinhos perdeu serviços tão importantes como a Obstetrícia e a Pediatria”.

“Como foi possível termos uma deputada eleita pelo distrito do Porto que faz questão de dizer que é de Matosinhos que não abriu a boca quando os projectos para a construção de três unidades locais de saúde em Custóias, Leça do Balio e Matosinhos Sul foram metidos na gaveta”, insurgiu-se Monteiro da Mota.

Autarca eleito pelo PS há mais de duas décadas, Monteiro da Mota integra a lista do independente Narciso Miranda para a Assembleia Municipal de Matosinhos.