DR
Foto
DR

Connor “deixou tudo” e enfrentou o “Harvey” para salvar dois cães

A passagem do furacão "Harvey" já fez pelo menos 30 mortos. Dos Estados Unidos, surgem histórias de heroísmo como a de Connor, que conduziu mais de 300 quilómetros para resgatar dois cães

Chama-se Connor e, durante a passagem do furacão Harvey pelo Texas, conduziu uma carrinha pick-up preta e usou uma t-shirt vermelha. Sabemos isso porque, depois de decidir fazer os quase 350 quilómetros que separam Austin (Texas) da cidade de Corpus Christi, tirou fotos com os cães que salvou.

“Connor salvou o dia, fez um grande sacrifício, ao deixar tudo e conduzir quatro horas para uma área prestes a ser atingida por um furacão”, disse em comunicado a Lucky Lab Rescue and Adoption, uma associação que está a resgatar os cães que a tempestade tropical espalhou pelas ruas.

Foi um percurso em contramão. Connor soube de dois cães num abrigo a quatro horas de distância de casa através da mãe, voluntária numa associação de resgate animal . Enquanto milhares de carros evacuavam as ruas do estado americano, o jovem de 22 anos fazia o percurso inverso. “Eu não pensei. Simplesmente apercebi-me que alguém devia ajudar”, contou o jovem ao portal The Dodo.

PÚBLICO -
Foto

E assim foi. Thelma e Hercules (os dois cães que Connor apontou para salvar) estavam, horas depois, numa nova casa. Segundo o The Dodo, este comportamento tem sido comum no Texas, com vários resgatadores a saírem à rua para salvar os animais que foram deixados para trás. Neste momento, a tempestade já fez pelo menos 30 mortos.