Vanessa Redgrave em Setembro em Cascais, no Festival Internacional de Cultura

Conversa com o público segue-se à exibição de Julia (1977), de Fred Zinnemann.

Foto
Andrew Winning/REUTERS

A actriz britânica Vanessa Redgrave vai estar no Festival Internacional de Cultura (FIC), em Cascais, a 17 de Setembro, onde conversará com o público e assistirá a Julia no 40.º aniversário do filme que lhe deu o seu único Óscar. Dois dias mais tarde, Redgrave estará presente na antestreia do documentário Sea Sorrow, que realizou e apresentou em Maio na última edição do Festival de Cannes.

Redgrave escolheu o filme de Fred Zinnemann, no qual interpreta uma resistente aos nazis e divide o ecrã com Jane Fonda, pelo facto de esta personagem “remeter para situações muito actuais”, segundo diz a organização em comunicado. O FIC, que envolve um programa de música, exposições, teatro ou artes de rua, decorre entre 1 e 30 de Setembro e terá este ano a sua terceira edição. A conversa com Vanessa Redgrave será conduzida por António Borga na Casa das Histórias Paula Rego e a actriz será depois homenageada pela Academia Portuguesa de Cinema. O filme é exibido às 17h.

O programa do FIC, que é maioritariamente de entrada livre, começa já no dia 2 com a presença da escritora Arundhati Roy, Paul Auster dia 10 ou António Lobo Antunes e Eduardo Lourenço a encerrar. Além da literatura, há exposições de fotografia de Herb Ritts (dia 22) e vários concertos, de Fernando Tordo à Orquestra XXI com Artur Pizarro ou a 16.ª Grande Gala do Fado.

Dois dias depois, anunciou na manhã desta sexta-feira a distribuidora Leopardo Filmes, Vanessa Redgrave junta-se ao seu produtor, Carlo Nero, e ao lorde Alfred Dubs, membro do Partido Trabalhista, no cinema Monumental, em Lisboa, para a antestreia de Sea Sorrow. A estreia do documentário, centrado no drama dos refugiados e apoiado pelo antigo deputado trabalhista (activista que participa no filme), está agendada para 28 de Setembro. Além de Dubs, actores como Emma Thompson e Ralph Fiennes fazem parte do documentário, que mescla a sua linguagem com a do teatro e a dramatização de A Tempestade, de Shakespeare. 

Notícia actualizada com informação sobre a estreia e antestreia de Sea Sorrow.