MTV Unplugged vai voltar

O luso-descendente Shawn Mendes vai ser o protagonista da nova leva dos míticos concertos da MTV. A estreia será a 8 de Setembro nos Estados Unidos.

O <i>Unplugged</i> de Nirvana que fez furor em 1993
Foto
O Unplugged de Nirvana que fez furor em 1993 DR

O casaco de malha de Kurt Cobain que foi vendido no final de 2015 por 140 mil euros. Jay-Z acompanhado pelos The Roots, que reproduziram de foram exímia cada sample das canções originais numa altura em que rappers a actuar com bandas não era a norma. Lauryn Hill a andar mais pela soul e pela folk do que pelo hip-hop que a tornou notável. Bruce Springsteen a vacilar e a não prescindir da amplificação, como se não tivesse em Nebraska um dos seus melhores álbuns.

De 1989 a 2009, quando MTV Unplugged era algo que acontecia com mais frequência, há inúmeros momentos memoráveis (e outros menos bons) no legado do programa. De Tony Bennett a Lil Wayne e de Miley Cyrus a Mariah Carey, passando por Adele, Roxette, 10,000 Maniacs ou Alicia Keys, a lista de nomes nunca mais acaba. Desde então, os concertos organizados pela MTV em que músicos de todos os cantos da pop se atiram a versões acústicas do seu repertório têm acontecido pouco.

Até agora. A 8 de Setembro, o luso-descendente Shawn Mendes, de apenas 19 anos, vai reavivar a série com um concerto gravado no Ace Hotel, em Los Angeles. A transmissão pela MTV Portugal está confirmada, mas ainda não há data concreta. A notícia é da revista Variety, que adiciona que esta nova leva de programas – sem confirmar quantos serão – mostrará os músicos a tocarem em sítios a que estão – ou querem estar – de alguma maneira ligados. No caso de Mendes, a revista diz que intérprete de Treat you better alega ter sido inspirado pela prestação dos Pearl Jam no programa em 1992

Já largos anos se passaram desde que a MTV era exclusivamente conhecida pela música, uma rubrica que, aliás, hoje até é relativamente rara no canal.