Partilhar a arquitectura entre cá e lá

Please Share, programa de inauguração da Casa da Arquitectura, anunciada para 18 de Novembro, já saiu de Matosinhos e vai continuar a fazê-lo, em cinco actos, até à Primavera de 2018.

Faculdade de Arquitectura de Tournai, Bélgica
Faculdade de Arquitectura de Tournai, Bélgica Tim Van de Velde
Casa da Arquitectura em obras
Casa da Arquitectura em obras Fernando Veludo/NFACTOS
Fotogaleria

A partir desta sexta-feira (dia 11), as crianças e demais moradores no bairro das Campinas, na freguesia de Ramalde, no Porto, vão poder dispor de um pequeno jardim/recreio e de um teatro/coreto para as suas horas vagas. É o resultado do projecto Lugar de Partilha, lançado pela Casa da Arquitectura e concretizado por vintena e meia de arquitectos e estudantes de Arquitectura de meia dúzia de países que se deslocaram a Portugal para participar na Porto Academy.

“É simbólico arrancarmos no meio da rua e das populações”, diz ao Ípsilon Roberto Cremascoli, o comissário do programa Please Share com que a Casa da Arquitectura, dirigida por Nuno Sampaio, assinala a sua inauguração, anunciada para o dia 18 de Novembro, concluídas as obras de reconversão da antiga fábrica da Real Vinícola, em Matosinhos.

Lugar de Partilha, que Cremascoli definiu como “um laboratório de autoconstrução para a realização de uma infra-estrutura ao serviço da comunidade”, é também o primeiro dos cinco actos de Please Share. Depois desta experiência de campo em Ramalde, e ainda antes da inauguração em Novembro da ambiciosa exposição Poder Arquitectura, comissariada por Jorge Carvalho, Pedro Bandeira e Ricardo Carvalho a apresentar em 40 projectos as relações entre estas duas entidades, a Casa da Arquitectura sai do país para dar a ver de perto obras de arquitectos portugueses lá fora. Chama-se Out There, este segundo acto, e arranca a 14 de Setembro com uma visita ao Teatro Auditório de Poitiers, projecto de João Luís Carrilho da Graça inaugurado em 2008, e que mudou a cena artística desta cidade no oeste de França; segue-se, a 20 do mesmo mês, a visita à Faculdade de Arquitectura de Tournai, na Bélgica, projectada pelos irmãos Aires Mateus; e, a 13 de Outubro, a Casa del Paco, torre residencial desenhada por Gonçalo Byrne na localidade de Jesolo, perto de Veneza. Todas estas visitas guiadas incluem a presença e uma conferência pelos arquitectos autores dos projectos.

Uma semana antes da inauguração de 18 de Novembro, o fotógrafo italiano Gianluca Vassallo fará uma exposição no espaço público matosinhense a antecipar a performance que realizará nesse dia na Casa da Arquitectura. Vassallo realizou iniciativa idêntica, fotografando os habitantes na ilha da Giudecca, em Veneza, aquando da inauguração, em Maio do ano passado, do Pavilhão de Portugal, Neighbourhood – Where Alvaro Meets Aldo, na Bienal de Arquitectura da cidade italiana.

De regresso à Casa, Indoor é o 4.º Acto, com um calendário de conferências pelos arquitectos e ateliers representados na mostra Poder Arquitectura, e que se prolongará até Março de 2018.

De novo a sair de Matosinhos, o 5.º Acto, Influence, levará idêntico ciclo de conferências a diferentes cidades do país com figuras dos media e da fotografia, além de directores de museus e de arquivos, e também curadores, para “debater tudo o que gira em volta da Arquitectura, para perceber a influência que os meios e as estratégias da comunicação exercem sobre esta área, e vice-versa”, explica Roberto Cremascoli.