P3
Foto
P3

Duas casas portuguesas e um museu premiados nos Iconic Awards

A Casa Touguinhó III, em Vila do Conde, e a Casa privada Cabo de Vila, em Paredes, estão entre os vencedores dos Iconic Awards 2017. O German Design Council distinguiu também o MAAT, em Lisboa, na categoria Best of Best

Duas casas no Norte de Portugal, uma em Paredes e outra em Vila do Conde, foram premidas com o Iconic Awards 2017 na área da Arquitectura. O museu MAAT, em Lisboa, também é um dos projectos que integram a lista Best of the Best, que todos os anos distingue cerca de 30 projectos.

 

O júri independente, seleccionado pelo German Design Council, escolheu a Casa Touguinhó III, desenhada pelo arquitecto Raulino Silva, residente em Vila do Conde e a Casa Cabo de Vila, um projecto do atelier Spaceworkers como uns dos melhores exemplos mundiais na área da arquitectura. 

PÚBLICO -
Foto
Casa Cabo de Vila DR

 

PÚBLICO -
Foto
Touguinhó III House DR

Os Iconic Awards defendem uma visão “holística da arquitectura”, em que “as estruturas icónicas são o resultado de uma interacção equilibrada entre as diferentes subdisciplinas envolvidas no projecto”, lê-se no site oficial.

 

Além dos quase 250 prémios atribuídos nas áreas da Arquitectura, Interiores, Produto, Comunicação e Conceito foram também escolhidos os Arquitectos do Ano, Cliente do Ano, Designers de Interiores do Ano e Projecto do Ano.

 

A cerimónia de atribuição de prémios está programada para Outubro, aquando a feira Expo Real, em Munique.