Torne-se perito

Homem morto por avioneta na Caparica era sargento da Força Aérea

A vítima mortal, de 56 anos, era natural de Viseu e vivia em Almada. Estava na reserva desde 2013.

Foto
Reuters/PEDRO NUNES

O homem de 56 anos que morreu na quarta-feira na praia de São João da Caparica, Almada, depois de ter sido atingido por uma avioneta que fez uma aterragem de emergência no areal, era sargento da Força Aérea, informou Manuel Costa, porta-voz deste ramo das forças armadas.

O sargento, natural de Viseu, vivia em Almada e estava na reserva desde 2013. A família prescindiu das honras militares fúnebres a que teria direito.

Além do militar, morreu também uma criança de oito anos na sequência da aterragem da avioneta. Ambos os tripulantes da aeronave saíram ilesos e foram ouvidos pelas autoridades.