Torne-se perito

Barcelona aceita os 222 milhões da venda de Neymar

Advogados do internacional brasileiro driblam a Liga espanhola e libertam o "reforço" do PSG.

Foto
Stringer/Reuters

O Barcelona emitiu esta quinta-feira um comunicado a acusar a recepção dos 222 milhões de euros entregues directamente no clube catalão pelos advogados do internacional brasileiro Neymar, que assim contornaram os obstáculos levantados pela Liga espanhola, que recusara o depósito do cheque alegando violação do fair-play financeiro da UEFA.

A rescisão unilateral de Neymar, que assim é livre de assinar pelo Paris Saint-Germain, decorre das dificuldades enfrentadas nas negociações com a equipa de Barcelona, detentora dos direitos desportivos do jogador até 2021.

O Barcelona declara ainda no comunicado que transmitirá à UEFA todos os detalhes da operação de forma a serem apuradas eventuais responsabilidades disciplinares decorrentes deste caso.