Haverá um novo Bond em 2019 e o seu nome ainda será Craig, Daniel Craig

O 25.º filme do franchise estreia-se dentro de dois anos e ainda não tem realizador anunciado, mas parece ter convencido o relutante actor a voltar à personagem.

Fotogaleria
STEFAN WERMUTH/Reuters
Fotogaleria
TOBIAS SCHWARZ
Fotogaleria
LUKE MACGREGOR/Reuters
Fotogaleria
BENOIT TESSIER/Reuters
Fotogaleria
Craig nas filmagens de Quantum of Solace HO

Será um 007 especial, este que as produtoras agora anunciam – o 25.º Bond, ainda sem título mas já com data de estreia bem marcada. Dia 8 de Novembro de 2019 o sucessor de Spectre e Skyfall, mas também dos iniciáticos Dr. No ou Operação Goldfinger, chegará aos cinemas de todo o mundo e, segundo avança o New York Times, ainda terá o relutante Daniel Craig como protagonista.

A Metro-Goldwyn-Mayer (detentora do franchise encetado sobre a obra literária de Ian Fleming) e a Eon Productions (gestora do franchise 007) anunciaram segunda-feira quando haverá um novo filme, sem revelar muito mais dados. O facto de se tratar do 25.º filme indica que se tratará de uma ocasião especial, mas a equipa de bastidores não muda muito. Neal Purvis e Robert Wade, autores dos últimos seis filmes do franchise, voltam a ser responsáveis pelo guião e a histórica produtora Barbara Broccoli, que está com Bond desde 007 Licença para Matar (1989) continua ao leme.

Os últimos dois filmes – Spectre (2015) e Skyfall (2012) – foram assinados por Sam Mendes, que tal como Craig indicara ter terminado com Spectre a sua aventura no mundo do agente secreto mais rentável do mundo. Tendo rendido 1,8 mil milhões de euros nas bilheteiras desde Dr. No (1963), é propriedade intelectual incontornável no mercado há seis décadas, mas o seu mais recente intérprete disse no ano passado, numa entrevista, que preferia “cortar os pulsos” a voltar a um filme de acção tão exigente quanto fora Spectre.

Assim começavam meses de especulação e observação atenta dos movimentos daqueles que se considerava poderem ser candidatos ao papel, bem como de intervenções em defesa da diversidade – porque não alguém que não seja branco, porque não uma mulher? De Idris Elba a Tom Hiddleston, vários nomes foram apontados mas segundo duas fontes próximas do projecto disseram ao New York Times, Daniel Craig voltará mesmo ao papel de James Bond no filme de aniversário. Também a Variety cita, embora com menos assertividade, fontes que acreditam na “boa possibilidade” de o actor britânico fazer um quinto filme Bond. Começou em 2006 com 007: Casino Royale, passou para 007: Quantum of Solace (2008) e depois o familiar 007: Skyfall e o recuperador de vilões 007: Spectre.