Tiago Antunes, de Bruxelas para a PCM

Jurista foi chefe de gabinete do secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, no segundo governo de José Sócrates.

Tiago Antunes terá a seu cargo a preparação das reuniões semanais do Governo
Foto
Tiago Antunes terá a seu cargo a preparação das reuniões semanais do Governo Nuno Ferreira Santos

Tiago Antunes vai ocupar o lugar de secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros deixado vago com o pedido para sair de Miguel Prata Roque. Igualmente jurista e com origem na mesma Universidade de Direito de Lisboa, a cuja docência Prata Roque regressa agora, Tiago Barreto Caldeira Antunes ocupou nos últimos anos o lugar de chefe de gabinete do eurodeputado do PS Pedro Silva Pereira.

PÚBLICO -
Foto

Estreando-se em funções políticas integrando o Governo, Tiago Antunes não é um neófito em desempenho de funções políticas. Foi chefe do gabinete de João Almeida Ribeiro, secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, no segundo governo de José Sócrates (2009-2011). No primeiro governo de Sócrates (2005-2009), Tiago Antunes foi adjunto de Filipe Baptista, secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

O novo de secretário de Estado da PCM, que terá a seu cargo a preparação das reuniões semanais do Governo e a finalização da legislação aprovada pelo executivo, doutorou-se em 2015 com uma tese intitulada Ensaio sobre a natureza jurídica das licenças de emissão no mercado europeu de carbono. Tem como áreas de especialização o Direito Constitucional, o Administrativo, o Contencioso Administrativo, o Ambiente e a Energia. Foi também advogado na sociedade de advogados PLMJ & Associados, entre 2001 e 2005.