Eurico Brilhante Dias, da comissão do Banif para o Governo

O novo secretário de Estado da Internacionalização toma posse sexta-feira.

Foto
ENRIC VIVES-RUBIO

É um dos mais destacados seguristas repescado por António Costa à frente do PS, já que integrou o Secretariado Nacional dos socialistas e foi porta-voz da direcção quando António José Seguro liderou o partido.

Estreou-se como deputado à Assembleia da República em 2015, eleito pelo círculo eleitoral de Castelo Branco. No Parlamento destacou-se como o responsável pelo relatório final da comissão de inquérito ao Banif – naquilo que foi o primeiro sinal da importância que a direcção actual do PS estava disposta a dar-lhe.

Aos 45 anos, sobe agora ao Governo para tomar conta da Internacionalização da economia portuguesa no Ministério dos Negócios Estrangeiros. Um lugar que casa bem com o seu perfil académico. Brilhante Dias é professor do ISCTE, onde é o director da licenciatura em Gestão de Empresas. Aliás, o seu conhecimento sobre o mundo empresarial já esteve na origem de ter sido destacado para a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), pelo ministro da Economia, Vieira da Silva, no segundo Governo de José Sócrates.

Sugerir correcção