Festas de Lisboa despedem-se ao ritmo cigano e cubano

No ano em que Lisboa é a Capital Ibero-americana de Cultura, a música e as danças latinas não podiam faltar nas festas da cidade.

O encerramento das festas decorre na Praça do Comércio
Foto
O encerramento das festas decorre na Praça do Comércio Margarida Basto

A cidade de Lisboa está convidada a dançar ao som de ritmos ciganos e cubanos no último dia das festas da capital. No próximo sábado, dia 1 de Julho, às 22h, a Praça do Comércio transforma-se num salão de baile à beira Tejo ao receber dois grupos de música.

O espectáculoBaila Comigo Lisboa” marca o fim das festas. O Terreiro do Paço será ocupado por André Reyes, Mario Reyes e Chico Castillo dos Gipsy Kings, uma banda de rumba e flamenco. O grupo tem origem em comunidades ciganas do Sul de França e estará acompanhado por um leque de convidados, que farão toda a gente vibrar ao som de êxitos como Bamboleo, Djobi, Djoba, A Mi Manera ou Un Amor.

A banda cubana Los Van Van, com 47 anos de carreira e um Grammy Latino, é um dos grupos de dança mais populares de Cuba que subirá ao palco com Pedrito Calvo, um antigo cantor do grupo e figura incontornável da música do país latino-americano. 

As actuações das duas bandas irão durar três horas sem interrupções. O espectáculo à beira rio também contará com a participação dos bailarinos do Jazzy Dance Studios, do DJ Hugo Leite e com os VJ’s João Pedro Gomes e Mariza Braggion.

A programação da última semana das Festas de Lisboa passa também por exposições, cinema e ateliês para pequenos e graúdos, mas é na Praça do Comércio que se fecha o capítulo deste ano. 

Texto editado por Ana Fernandes