Cambodja

Desculpe, mas está uma tarântula no meu prato

Vai um prato de tarântulas para o jantar? No Cambodja, não é de admirar se a resposta for “sim”. A verdade é que estas aranhas são ricas em proteína, ácido fólico e zinco — e a sua integração na culinária do país não é recente.

Um rapaz come uma tarântula frita no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Fotogaleria
Um rapaz come uma tarântula frita no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING

Vai um prato de tarântulas para o jantar? No Cambodja, não é de admirar se a resposta for “sim”. A verdade é que as aranhas são ricas em proteína, ácido fólico e zinco — e a sua integração na culinária não é recente: há anos que os cambojanos caçam estas aranhas para comer (e até mesmo para fins medicinais, utilizando o seu veneno). Com o agravamento da crise e a escassez de comida provocada pelo regime dos khmer vermelhos, na década de 70, muitos viraram-se para as tarântulas como uma das principais fontes de alimento e de vencimento. E agora há quem tema que a elevada procura ou a desflorestação possa levar à extinção destas aranhas.  

Uma tarântula caminha pelo braço de uma mulher depois de ter sido caçada num campo de aranhas, no Cambodja
Uma tarântula caminha pelo braço de uma mulher depois de ter sido caçada num campo de aranhas, no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Tarântulas fritas numa frigideira
Tarântulas fritas numa frigideira Reuters/SAMRANG PRING
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham Reuters/SAMRANG PRING
Uma tarântula frita vendida num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja
Uma tarântula frita vendida num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja
Uma cambojana vende tarântulas fritas num mercado na província de Kampong Cham, no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Uma mulher cozinha tarântulas no Cambodja
Uma mulher cozinha tarântulas no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Os caçadores de tarântulas num campo de aranhas, no Cambodja
Os caçadores de tarântulas num campo de aranhas, no Cambodja Reuters/SAMRANG PRING
Uma tarântula passeia-se pelo ombro de uma caçadora destas aranhas
Uma tarântula passeia-se pelo ombro de uma caçadora destas aranhas Reuters/SAMRANG PRING
Um caçador apanha uma tarântula num buraco
Um caçador apanha uma tarântula num buraco Reuters/SAMRANG PRING
Sugerir correcção