Condução autónoma é "a mãe de todos os projectos", diz o líder da Apple

Tim Cook revela em entrevista qual é a principal aposta da empresa em matéria de inteligência artificial.

Reuters/BECK DIEFENBACH
Foto
Reuters/BECK DIEFENBACH

Era um segredo bem guardado e não deixa de o ser, mas pela primeira vez o presidente executivo (CEO, na sigla inglesa) da Apple, Tim Cook, revelou em público pormenores das apostas de futuro da Apple. E, na área da intelgiência artificial, as tecnologias que permitem carros de condução autónoma é, como diz Tim Cook, "a mãe de todos os projectos" da Apple.

Como nota a agência Bloomberg, que entrevistou Cook no início deste mês de Junho, "é a primeira vez que o CEO comenta em público os planos da Apple para os carros" que não necessitam de condutor.

"Estamos concentrados nos sistemas autonónomos", garantiu Cook à Bloomberg TV. "É uma tecnologia fundamental que nós vemos como algo muito importante", insistiu. "É provavelmente um dos projectos de inteligência artificial mais difíceis em que estamos a trabalhar actualmente", notou ainda.

A perspectiva de desenvolver carros de condução autónoma tem levado empresas tecnológicas a entrar ou a aproximar-se da indústria automóvel, prossegue a agência. Estima-se que dentro de 13 anos a indústria dos carros-autómatos valha qualquer coisa como 6,7 mil milhões de dólares, segundo as contas da consultora McKinsey.

A Apple apostou inicialmente em construir a sua própria viatura autónoma, mas acabou por rever as suas ambições e decidiu concentrar-se antes na tecnologia por detrás da condução sem humanos.