Macron adapta slogan de Trump: “tornar o nosso planeta grande outra vez”

Presidente francês rejeitou a possibilidade de renegociação do Acordo de Paris, porque "não há plano B" para as alterações climáticas.

Reuters/JOHN SCHULTS
Foto
Reuters/JOHN SCHULTS

Foram muitas as reacções à decisão de Donald Trump em retirar os EUA do Acordo de Paris, anunciada esta quinta-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, não deixou passar a oportunidade para também ele responder ao seu homólogo norte-americano. Como? Adaptando o slogan de campanha de Trump à defesa do Acordo de Paris para “tornar o nosso planeta grande outra vez”.

Depois de ter feito declarações sobre a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris, Macron publicou no Twitter uma imagem onde se lê apenas “tornar o nosso planeta grande outra vez”, a forma original que o chefe de Governo francês arranjou para responder a Trump, recuperando o slogan do republicano “tornar a América grande outra vez”.

“A França acredita em vocês [EUA], o mundo acredita em vocês, mas não se enganem quanto ao clima: não há um plano B porque não existe nenhum plano B”, afirmou. Emmanuel Macron rejeita a possibilidade de renegociação do Acordo – como foi sugerido por Trump –, uma posição que já tinha sido tornado pública através de um comunicado conjunto de França, Itália e Alemanha.

O Presidente francês disse ainda que Trump “cometeu um erro” que afecta os interesses do Estados Unidos, assim como a sua população. “É um erro para o futuro do nosso planeta”, declarou.“Peço que se mantenham confiantes, nós vamos conseguir porque estamos completamente comprometidos”, disse Macron. “Todos partilhamos a mesma responsabilidade: tornar o nosso planeta grande outra vez”, concluiu.

Macron também convidou todos os cientistas, engenheiros, empreendedores e cidadãos responsáveis que estivereem desapontados com a decisão dos Estados Unidos, apelando: "venham trabalhar connosco em soluções concretas para o nosso clima, para o nosso ambiente."