Brasil

Os protestos voltam às ruas do Brasil

Reuters/PILAR OLIVARES
Fotogaleria
Reuters/PILAR OLIVARES

Depois das revelações que Michel Temer terá autorizado um suborno ao antigo deputado Eduardo Cunha para este se manter em silêncio relativamente ao processo da Lava-Jato, o Presidente brasileiro anunciou, já nesta quinta-feira, que não iria renunciar ao cargo. Imediatamente depois desta comunicação, foram muitas as pessoas que começaram a encher as ruas das principais cidades do Brasil, exigindo a demissão do chefe de Estado.

A afluência não é a das grandes manifestações que o Brasil viveu nos últimos anos (tanto contra como a favor de Dilma Rousseff). Em São Paulo e no Rio de Janeiro, muitos dos manifestantes transportam bandeiras do PT e mensagens de apoio aos antigos Presidentes Lula e Dilma. No entanto, segundo noticia a comunicação social brasileira, o principal protesto está a ser planeado para o próximo domingo.

Os responsáveis pela convocatória das manifestações garantem que vão organizar acções todos os dias até que Temer peça a demissão.

Reuters/PILAR OLIVARES
Reuters/PILAR OLIVARES
Reuters/PILAR OLIVARES
Reuters/UESLEI MARCELINO
Reuters/UESLEI MARCELINO
Reuters/UESLEI MARCELINO
Reuters/UESLEI MARCELINO
Reuters/UESLEI MARCELINO
Reuters/PAULO WHITAKER
LUSA/Fernando Bizerra Jr.
Reuters/NACHO DOCE
LUSA/Fernando Bizerra Jr.
LUSA/Fernando Bizerra Jr.
LUSA/Joédson Alves
LUSA/Fernando Bizerra Jr.
LUSA/Joédson Alves