Mais portugueses entraram na Suécia em 2016

Organismo sueco revelou que a entrada de portugueses na Suécia atingiu novo máximo. No ano passado, 380 portugueses foram para o país nórdico.

A cada ano, há mais portugueses a emigrar para os países nórdicos
Foto
A cada ano, há mais portugueses a emigrar para os países nórdicos ADRIANO MIRANDA

Dados cedidos pela Statistics Sweden, compilados pelo Observatório da Emigração, revelam uma tendência crescente de emigração portuguesa para a Suécia. No ano de 2016, foram 380 os portugueses que entraram no país. No ano anterior tinham sido 330. O organismo sueco contabilizou em 2016 um total de cerca de 163 mil entradas de estrangeiros na Suécia. Os portugueses representaram 0.2% desse total.

Desde o ano 2000 que o número de entradas de portugueses na Suécia regista um aumento quase contínuo. A maior vaga de emigração registou-se no ano de 2012, com um salto de 189 (em 2011) para 307 pessoas.

Inês Vidigal, do Observatório da Emigração, explica que esta “é uma tendência que tem afectado todos os países da Escandinávia. Parece ter começado com a Noruega, seguida da Dinamarca”.

A investigadora acrescenta, ainda, que “a Suécia poderá não ser o país directo de emigração”. “Poderemos estar a observar algum fenómeno de re-emigração da Noruega e da Dinamarca”, revela.

Inês Vidigal explica não ter informação suficiente para falar da idade, género e qualificações dos portugueses que optam por sair do país.

Texto editado por Pedro Sales Dias