Fernando Seara a caminho de Odivelas

Depois de ter sido autarca em Sintra durante 12 anos, e de ter perdido contra António Costa em Lisboa, o social-democrata é a melhor hipótese do PSD para Odivelas.

Fotogaleria
Fernando Seara foi candidato a Lisboa em 2013 Daniel Rocha
Fotogaleria
Há quatro anos, Seara perdeu as eleições e manteve-se como vereador Miguel Manso
Fotogaleria
O ax-autarca de Sintra deverá tentar a sua sorte em Odivelas Miguel Manso

O ex-presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara, está a caminho da Câmara Municipal de Odivelas. A candidatura foi aprovada esta tarde pelas comissões políticas concelhia e distrital e deverá avançar em coligação com o CDS-PP e com um “nome nacional” para a presidência da Assembleia Municipal, soube o PÚBLICO. 

O jornal online Odivelas.com avançou já que o nome que acompanhará Seara na Assembleia Municipal será o de José Matos Correia, deputado e presidente do Conselho Estratégico do PSD, desde o congresso de 2016.

Os sociais-democratas querem aprovar em Comissão Política Nacional os últimos candidatos pendentes (entre eles o de Odivelas) e estão confiantes nesta candidatura, que assenta na popularidade de Fernando Seara enquanto ex-autarca mas também enquanto comentador televisivo de futebol. No entanto, a história não está a favor do PSD: desde a sua existência, a câmara de Odivelas sempre esteve nas mãos dos socialistas.

Fernando Seara governou a Câmara de Sintra de 2001 a 2013, ano em que atingiu os três mandatos permitidos por lei e concorreu ao município de Lisboa. Nessa altura, a sua campanha foi ensombrada pela decisão do Tribunal Cível de Lisboa em resultado de uma acção interposta pelo movimento cívico Revolução Branca, que queria saber se a limitação de mandatos seria válida noutro concelho que não o de Sintra.

O PSD não desistiu da candidatura, mas Fernando Seara acabou por ser derrotado nas urnas pelo actual primeiro-ministro António Costa. Nos últimos quatro anos foi vereador em Lisboa.