Governo diz que valores do PIB superam expectativas do OE

Ministério das Finanças defende que dados publicados pelo INE "reafirmam a solidez dos cenários macroeconómicos" presentes no orçamento e no Programa de Estabilidade

Foto
Mário Centeno diz que economia está a crescer acima das expectativas Nuno Ferreira Santos

O ritmo de crescimento económico registado em Portugal no primeiro trimestre deste ano estão acima daquilo que está implícito nas previsões realizadas pelo Governo no Orçamento do Estado e no Programa de Estabilidade, afirmaram esta segunda-feira os responsáveis do Ministério das Finanças.

Numa reacção à estimativa rápida para o PIB publlicada pelo Instituto Nacional de Estatística - que dá conta de uma variação em cadeia do PIB de 1% e uma variação homóloga de 2,8% - o Ministério das Finanças destaca, em comunicado, que o crescimento homólogo registado pela economia no primeiro trimestre de 2017 "iguala o valor mais elevado deste século" e "supera as expectativas traçadas pelo Governo no Orçamento do Estado para 2017 e no Programa de Estabilidade 2017-2021".

A previsão do Governo para o crescimento económico em 2017 é de 1,8%, um valor idêntico ao avançado na semana passada pela Comissão Europeia. Sem darem indicações que quererem efectuar uma revisão em alta das suas projecções, as Finanças limitam-se a dizer que os dados reafirmam "a solidez dos cenários macroeconómicos subjacentes a estes documentos".

Na nota, a equipa liderada por Mário Centeno assinala ainda que esta aceleração da economia "ocorre num contexto onde o défice das contas públicas atingiu o valor mais baixo da democracia, tendência que se mantém no primeiro trimestre de 2017" e defende que o desempenho "está fundamentalmente associado a um maior dinamismo das exportações e do investimento, atestando a natureza sustentável e equilibrada do actual padrão de crescimento da economia portuguesa".