Opinião

Da escala da mão à escala da cidade

A grande aposta da FAUL está na formação de profissionais capazes de trabalhar com a sociedade portuguesa.

O ensino da Arquitetura é hoje, na maioria das instituições, condicionado por tendências esteticamente muito dirigidas para determinadas correntes. No meu entender, este ensino deve ser o mais abrangente possível, facultando aos alunos, ao longo de todo o seu percurso académico, docentes com perfis estéticos e formações variadas, possibilitando ao estudante construir a sua própria visão da arquitetura.

É fundamental oferecer aos estudantes uma formação que inclua, por um lado, uma componente técnica muito forte e, por outro, uma visão artística, cultural e humanista de excelência, sendo que a combinação destes fatores é o que diferencia um estudante da Faculdade de Arquitetura.

Em linha com a maior universidade do país, a FAUL afirma-se da escala da mão à escala da cidade, de Lisboa para o Mundo. Como escola moderna, que combina tradição e inovação, é uma instituição de referência na formação profissional de arquitetos, urbanistas e designers, assim como na investigação especializada e interdisciplinar.

Com mais de 2600 alunos a frequentar os seus cursos, é a maior escola do país nas suas áreas do saber, e assume-se cada vez mais como uma instituição multidisciplinar, internacional e aberta à sociedade.

A nossa principal caraterística é a formação através do Projeto, onde os conhecimentos adquiridos em todas as disciplinas são aplicados em intervenções que, conforme os cursos, podem integrar todas as escalas. De modo a fomentar a ligação à prática profissional, a FAUL funciona 24 horas por dia, sete dias por semana em formato de atelier, o que permite aos alunos um constante intercâmbio de ideias e experiências.

Sendo o elo mais recente de uma longa cadeia de instituições ligadas ao ensino da arquitetura, que remontam à Aula de Arquitetura dos Passos da Ribeira no século XVI, faz atualmente parte da maior universidade do país, sendo indiscutivelmente uma das mais reconhecidas escolas de arquitetura no panorama internacional. De acordo com o University Ranking by Academic Performance (URAP) 2015-16, a Faculdade de Arquitetura foi considerada a melhor escola do país e a 32.ª do mundo.

Com três mestrados integrados (em Arquitetura, Urbanismo e Interiores e Reabilitação do Edificado), duas licenciaturas (em Design e Design de Moda), três mestrados (Design de Moda, Design de Produto e Design de Comunicação) e os correspondentes doutoramentos, confere graus profissionais acreditados pelas ordens profissionais e pelas mais diversas instituições da União Europeia.

Sempre inovadora e com o objetivo de dar uma formação globalizante aos alunos, a Faculdade de Arquitetura está a preparar um novo modelo organizativo, no que respeita aos mestrados integrados em Arquitetura. Um estudante, que até agora tem que escolher a especialização no momento do ingresso, passará a fazê-lo somente no final do terceiro ano, permitindo que esta importante escolha seja feita de forma mais consciente e informada. Assim, através da criação de uma formação de 1.º ciclo única para a área de Arquitetura, os estudantes ganham três anos de formação para amadurecer as suas preferências antes de escolher a sua área de especialização. Paralelamente com esta reforma, a Faculdade de Arquitetura passa a poder adaptar-se mais facilmente às necessidades da sociedade e do mercado de trabalho, através da criação e adequação da sua oferta formativa ao nível do 2.º ciclo.

A grande aposta da FAUL está na formação de profissionais capazes de trabalhar com a sociedade portuguesa, contribuindo para o aumento do seu potencial de inovação e competitividade. Reconhecendo a importância desta ligação, tem trabalhado no desenvolvimento de mais de 70 protocolos com diversas entidades públicas e privadas de modo a fomentar um espírito empreendedor a todos os níveis da formação dos seus estudantes. Exemplo disso são os protocolos em que os alunos são inseridos em equipas pluridisciplinares, com a participação de docentes, proporcionando um ambiente muito próximo daquele que encontrarão no mercado de trabalho.

Regendo-se por elevados padrões de qualidade e exigência, a FAUL promove a investigação especializada e interdisciplinar, através do Centro de Investigação em Arquitetura, Urbanismo e Design. Constituído em 2006, este afirma-se como um núcleo aglutinador de uma equipa coesa e plural de 339 investigadores, a maior parte destes, docentes da FAUL.

Por fim, o número de alunos estrangeiros que escolhem a nossa instituição para continuar ou concluir os seus estudos acentua o perfil multicultural Faculdade de Arquitetura.

O autor escreve segundo as normas do novo Acordo Ortográfico

Sugerir correcção