O que diz a imprensa internacional do "rapaz estranho que conquistou os corações da Europa"?

Não foi só em Portugal que a actuação de Salvador Sobral na primeira meia-final da Eurovisão gerou entusiasmo.

Reuters/GLEB GARANICH
Foto
Reuters/GLEB GARANICH

A imprensa internacional já estava de olhos postos em Salvador Sobral, mas com a actuação na primeira meia-final, na terça-feira, e a passagem à final de sábado, o representante português foi um dos artistas objecto de mais comentários, quer nas redes sociais, quer na imprensa.

Austrália

Do outro lado do mundo (onde a Eurovisão é seguida com tal proximidade que o país até passou a participar no concurso), o site News.com.au escreve que Salvador “derreteu corações e provocou uma das maiores ovações com o seu tema”. A canção Amar pelos dois é descrita como um cruzamento de um tema de um filme da Disney com jazz.

Alemanha

Um dos cinco países que está automaticamente qualificado para a final, a Alemanha, dá Portugal como um dos favoritos à vitória. “Uma vitória para Portugal? Não está excluída este ano”, escreve a televisão ZDF. Já a revista Stern divide apostas entre Salvador e outro dos favoritos: o concorrente italiano Francesco Gabbani.

Bélgica

Aqui não há propriamente grande entusiasmo com o português. A Bélgica destaca que a sua canção está em primeiro lugar no iTunes, à frente de Salvador Sobral. No entanto, o contrário acontece no canal oficial da Eurovisão no YouTube, onde o português conseguiu ter a actuação com o maior número de visualizações.

Brasil

Também do Brasil, país que nem sequer entra na competição mas onde a Eurovisão também é seguida com alguma atenção, chegam elogios ao representante português, o “destaque absoluto na primeira semi-final”. “Portugal é um país azarado” no concurso, começa por escrever o portal Latin Pop. “Em quase 50 participações no Festival, eles não levantaram o troféu sequer uma vez. Aliás, Portugal jamais ficou no pódio do Festival. Nem no Top 5”, continua.

“Mas Salvador Sobral pode mudar essa história em 2017”, considera. “Pela primeira vez, os portugueses são destaque nas casas de aposta.”, destaca o portal.

Espanha

O jornal El País, que já tinha tecido elogios à voz de Salvador, escolheu o festejo da passagem de Portugal à final como imagem para ilustrar o artigo. Para os espanhóis, a qualificação dos portugueses não foi propriamente uma surpresa. Amar pelos dois, consideram, é uma das dez canções favoritas à vitória.

Holanda

“Quem iria imaginar”, questiona a RTL, “que tendo sido a Itália durante semanas, meses até, como favorita”, surgiria a actuação de “aquele rapaz estranho”, que comparam a Joe Cocker, “iria roubar os corações da Europa inteira?”

Reino Unido

Guardian escreveu que esta foi uma noite de favoritos, com a canção da Suécia, mas também a “balada-jazz” de Salvador. “Ambos estão nos favoritos, atrás de Itália”, avalia o jornal britânico, que atribuiu destaque ao concorrente australiano e cuja representante, Lucie Jones, está automaticamente qualificada para a final.

O tablóide The Sun também dá destaque à “voz de um anjo”.  O jornal  procura, em linhas breves, explicar quem é Salvador e cita a letra da música.

BBC, por seu turno, regista que a actuação portuguesa recebeu “uma das mais calorosas recepções”. 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações