Animais de Rua
Foto
Animais de Rua

T-shirts solidárias para ajudar a Animais de Rua

A Animais de Rua criou 1500 t-shirts com o objectivo de incentivar à adopção e reunir fundos para esterilizar animais errantes. Para ajudar, basta comprar

A Associação Animais de Rua juntou-se à artista portuense Matilde Nicolau de Almeida da mati.land para lançar uma colecção de t-shirts com ilustrações originais de gatos e cães.

É uma outra forma de "celebrar o Verão", mas não só. Até porque esta não é a primeira vez que a Animais de Rua promove campanhas do género com o propósito de ajudar os animais mais necessitados. Desde canecas a agendas, sacos de praia ou de compras e até mesmo um livro, todos os projectos foram desenvolvidos no sentido de incentivar à adopção e arrecadar fundos suficientes para a esterelização de animais errantes, que até agora já chegou a 15 261 animais. 

A ideia das t-shirts, explica ao P3 Maria Pinto Teixeira, da Animais de Rua, surgiu “em conversa com a [ilustradora] Matilde, que gosta muito de animais e decidiu fazer algumas ilustrações para a a associação”. Os desenhos foram, depois, estampados em t-shirts básicas, brancas e cinzentas. O objectivo era fazer com que a Animais de Rua saísse, de facto, à rua. E “está a ser um sucesso”.

PÚBLICO -
Foto
Animais de Rua

Até ao momento, foram vendidas cerca de 150 das 1500 t-shirts criadas, através do site ou na página de Facebook da Associação. O preço varia entre os 12,50 e os 15 euros e estão para surgir mais novidades: “Lançámos as t-shirts apenas em tamanhos de adulto e já tivemos algumas pessoas a perguntar se também fazemos números mais pequenos, para criança, portanto esse será o próximo passo desta campanha”. A interacção directa com o público é um princípio para a Animais de Rua. “Vamos fazendo o que nos pedem e estamos sempre abertos a sugestões.”

PÚBLICO -
Foto
Animais de Rua

Mas os esforços não se esgotam aqui e, depois edição “do sucesso” do livro infantil Pimpão – Uma História de Amizade, escrito por Susana Machado e sobre o qual o P3 escreveu no ano passado, prepara-se agora o lançamento da segunda edição. A surpresa? “Uma nova história do Pimpão, desta vez escrita por Adélia Carvalho, sobre a temática ‘cães acorrentados’, que é algo que nos preocupa imenso e tem gerado alguma polémica”.