Discos Orfeu pode ser visitada até 12 de Junho, com entrada livre DR
Foto
Discos Orfeu pode ser visitada até 12 de Junho, com entrada livre DR

Os discos da Orfeu mostram-se na Casa do Design de Matosinhos

Até 12 de Junho, a exposição "Discos Orfeu" está na Casa do Design de Matosinhos com capas de álbuns de Zeca Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho ou José Cid

A Casa do Design de Matosinhos recebe uma exposição dedicada à editora musical Orfeu, que lançou cerca de 500 discos. Adriano Correia de Oliveira, Zeca Afonso, Sérgio Godinho e José Cid são alguns dos artistas editados pela Orfeu.

Sendo uma exposição de design, o destaque cai, naturalmente, nas capas dos discos da Orfeu. Os trabalhos expostos são de designers como José Santa-Bárbara, Fernando Aroso, José Brandão, José Luís Tinoco ou Alberto Lopes, e fotógrafos como Eduardo Gageiro, Álvaro João, Nick Boothman, João Paulo Sotto Mayor, Patrick Ullmann e Fernando Aroso, autor da fotografia de centenas de discos editados com o inconfundível selo Orfeu.

Vão ainda estar expostos materiais documentais inéditos, como artes finais do disco O Coro dos Tribunais, de José Afonso, fotografias de época e correspondência trocada entre artistas e os fundadores da editora. Algumas faixas dos discos expostos vão estar disponíveis para audição, além de documentários com Estranha Forma de Vida – Uma História da Música Popular Portuguesa, A Cantiga Era uma Arma e Vilar de Mouros.

A Orfeu começou os trabalhos em 1956 e manteve-se no activo durante 27 anos. Durante esse tempo, lançou novos músicos e gravou Traz Outro Amigo Também e Cantigas do Maio, de Zeca Afonso, Pano-Cru, de Sérgio Godinho, e 10.000 Anos Depois entre Vénus e Marte, de José Cid.

Discos Orfeu estrutura-se ao longo de cinco núcleos principais: "No Início era o Verbo", "Trovas do Vento que Passa", "Vozes da Revolução", "Entre Vénus e Marte" e "O Fim da Aventura". Esta exposição surge na sequência de Burilada, também uma aposta na investigação e divulgação da história do design português que teve "um balanço muito positivo", de acordo com José Bártolo, curador da mesma e director científico da Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos.

Discos Orfeu — organizada pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela ESAD — vai estar na Casa do Design até 12 de Junho. A entrada é livre.