Portões dos jardins privados de Lisboa abrem durante seis horas

“Jardins Abertos” é o nome do festival gratuito e intimista que dará a conhecer, no dia 20 de Maio, nove espaços verdes privados da capital

Fotogaleria
O Palácio da Independência faz parte do trajecto João Silva
Fotogaleria
Mapa do passeio

Os moradores dos pátios, praças e jardins privados de Lisboa vão abrir os portões das suas casas, no próximo sábado, dia 20, a propósito do festival “Jardins Abertos”. O objectivo destas famílias e instituições é partilhar memórias com quem quiser conhecer o seu espaço verde.

Durante a iniciativa, organizada por um grupo de voluntários das áreas da cultura, botânica e sustentabilidade, vão ser realizados passeios guiados pelos jardins privados, praças e pátios fora do eixo do turismo comum.

O encontro está marcado para as 9h45 na Rua Josefa Maria, na Graça, e a partir daí, de meia em meia hora, os participantes vão conhecer, a pé, nove espaços verdes privados da zona histórica de Lisboa até às 16h, com pausa para almoço. O trajecto passa, por exemplo, pela Beco do Alegrete, na Mouraria, que foi o vencedor do Concurso Rua Mais Florida de 1998 ou pelos Jardins do Teatro Eden na Avenida da Liberdade. Passará também pelo jardim das Chaminés do Palácio  ou pelo Pátido da Dona Maria. Se não sabe do que falamos, esta é a oportunidade para o descobrir. A festa de encerramento será às 16h30 na Praça das Flores com o DJ Bernardo.

As inscrições podem ser feitas até ao dia 16 de Maio, ao mandar o nome completo para o email jardinsabertos@gmail.com. A participação é gratuita mas estão previstos apenas dois grupos de 20 participantes.

Texto editado por Ana Fernandes