Desemprego abaixo de 10% pela primeira vez em oito anos

Taxa mensal desceu para 9,9% em Fevereiro. Estimativa para Março aponta para 9,8%.

Foto
Dato Daraselia

A taxa de desemprego ficou abaixo dos 10% em Fevereiro, o que já não acontecia há oito anos. Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados nesta sexta-feira, mostram que o desemprego caiu para 9,9% em Fevereiro e a estimativa de Março aponta para 9,8%.

Em Fevereiro havia 508.300 pessoas desempregadas, tendo diminuído 1,9% em relação ao mês precedente (menos 9,9 mil pessoas), enquanto a população empregada foi estimada em 4.630.200 pessoas, tendo aumentado 0,5% (mais 22,6 mil pessoas) face ao mês anterior.

A estimativa provisória da taxa de desemprego para Março de 2017 foi de 9,8%.

Todos estes dados são corrigidos dos efeitos decorrentes da sazonalidade. Se não se tiver em conta a sazonalidade, a taxa de desemprego em Fevereiro ficou nos 10,2% e a estimativa para Março é de 10%.

O objectivo do Governo é chegar ao final de 2017 com uma taxa de desemprego de 9,9%, um indicador que continuará a cair até 7,4% em 2021.

Desde Novembro de 2014, o INE passou a divulgar dados mensais sobre a evolução do mercado de trabalho em Portugal, complementando as estatísticas trimestrais. Porém, há diferenças metodológicas entre os números trimestrais e os mensais.

As estimativas mensais consideram o grupo dos 15 aos 74 anos, de acordo com as regras definidas pelo Eurostat, enquanto as trimestrais analisam a população com 15 e mais anos.

Além disso, os dados mensais encontram-se disponíveis com e sem ajustamento de sazonalidade, ao passo que os trimestrais não têm em conta as oscilações do mercado de trabalho relacionados com os picos de actividade que ocorrem em determinadas alturas do ano.