Torne-se perito

Madonna vai ter um filme biográfico mas já disse que não gosta dele

Blond Ambition não tem ainda data de estreia marcada. A avaliar pelo que publicou na sua conta no Instagram, a cantora norte-americana parece não estar nada satisfeita com o projecto para este novo biopic.

Madonna em palco em 1983
Foto
Madonna em palco em 1983 DR

Vai chamar-se Blond Ambition e concentrar-se nos primeiros anos da carreira de Madonna. O novo filme biográfico sobre a cantora norte-americana é dos estúdios Universal, conta com um guião de Elyse Hollander (Nikolai e An Ode to Demons) e, ao que tudo indica, com a oposição da própria Madonna.

“Ninguém sabe o que eu sei e o que vi. Só eu posso contar a minha história. Qualquer outra pessoa que tente fazê-lo é um charlatão e um imbecil à procura de benefícios imediatos sem de facto trabalhar. Isto é uma doença na nossa sociedade”, escreveu a estrela da pop na sua conta na rede social Instagram junto a uma fotografia sua dos anos 1980.

Antes de se tornar um ícone à escala planetária, a cantora, hoje com 58 anos, desistiu da escola, no Michigan, para tentar a sua sorte como artista em Nova Iorque, saltando de trabalho em trabalho ao mesmo tempo que fazia aulas de dança e ultrapassando dois acontecimentos traumáticos – foi alvo de um assalto e de violação, em ambos os casos sob ameaça de arma –, escreve a revista Vanity Fair. No início da década de 80, e depois de ter cantado em várias bandas, começa a tentar publicar o seu primeiro álbum, o que acontece em 1983 com o disco homónimo que inclui temas como Holiday, Lucky star e Borderline. O ano seguinte seria o do blockbuster Like a virgin.

O filme, que tem o mesmo título da célebre digressão de Madonna dos anos 1990 (sim, a do corpete pontiagudo assinado por Jean-Paul Gaultier), terá entre os seus produtores Michael De Luca (Moneyball – Jogada de Risco e As Cinquenta Sombras de Grey). O nome do realizador não foi ainda divulgado.

Sugerir correcção