Juízes condenam 61 pessoas por tráfico de droga no Grande Porto

Dos 61 arguidos, 26 foram condenados a prisão efectiva de um ano e nove meses a dez anos.

Julgamento decorreu no Tribunal de São João Novo, no Porto
Foto
Julgamento decorreu no Tribunal de São João Novo, no Porto PAULO PIMENTA

O Tribunal de S. João Novo condenou esta sexta-feira 61 pessoas, 26 delas a penas de prisão efectiva, e absolveu 24 outros arguidos num processo por tráfico de droga no Grande Porto. A duração das penas de prisão efectiva aplicadas está compreendida entre um ano e nove meses e dez anos.

Outros 34 arguidos foram condenados a penas de um ano e seis meses a cinco anos, suspensas na sua execução, havendo também uma pessoa condenada a cumprir 180 horas de trabalho comunitário.

Os arguidos, que estavam divididos em vários grupos, traficaram droga, nomeadamente cocaína e heroína, entre 2012 e 2015 no Grande Porto, sobretudo no Bairro do Dr. Nuno Pinheiro Torres. Entre os suspeitos havia responsáveis pela aquisição da droga, transporte, armazenamento — sobretudo em "casas de recuo" —, preparação, embalagem, distribuição e venda.