Bubba líder na China com 66, Melo Gouveia 72

Já Filipe Lima marcou 76 no Shenzhen International; Ricardo Santos no top-30 na Turquia

Bubba Watson no Genzon GC: volta com 5 birdies e 1 eagle / © Organização do torneio
Foto
Bubba Watson no Genzon GC: volta com 5 birdies e 1 eagle / © Organização do torneio

Ricardo Melo Gouveia começou melhor o Shenzhen International do que há uma semana o Troféu Hassan II, que acabou por ser a sua melhor classificação neste início de época no European Tour, com um primeiro top-20 em Marrocos.

Se em Rabat começou fora do cut provisório, com 2 pancadas acima do Par, já hoje (quinta-feira), na China, pelo contrário, o nº1 português está no grupo dos 52.º classificados, tendo igualado o Par-72 do campo do Genzon Golf Club.

Mesmo assim, o profissional da Quinta do Lago não ficou totalmente satisfeito com a sua prestação, após 2 birdies e outros tantos bogeys, e deu conta dessa reação nas redes sociais:

“Dia pouco conseguido hoje aqui na China. Não consegui colocar a bola perto da bandeira o que dificultou a execução de birdies”.

Há 59 jogadores entre 153 que ainda não terminaram a primeira volta, cuja conclusão foi adiada para amanhã por falta de luz natural, depois de vários atrasos devido ao mau tempo.

Isso significa que a classificação de Ricardo Melo Gouveia poderá ainda alterar-se, mas, para já, não deixa de ser uma primeira jornada positiva.

O mesmo não pode dizer Filipe Lima, que na semana passada falhou o cut em Marrocos e que hoje somou 76 pancadas, 4 acima do Par, para integrar o grupo dos 114.º classificados.

O Shenzhen Internacional, integrado no European Tour, distribui 2,6 milhões de euros em prémios monetários e está na sua terceira edição.

A sua grande figura de cartaz tem sido todos os anos o duplo campeão do Masters, Bubba Watson, e o norte-americano, agora 22.º no ranking mundial, começou da melhor maneira, liderando a prova com 66 (-6). No ano passado foi 8.º empatado.

RICARDO SANTOS NO CHALLENGE TOUR

Ricardo Santos arrancou da melhor maneira para o Turkish Airlines Challenge, o Segundo torneio da temporada de 2017 do Challenge Tour, a segunda divisão europeia.

Num dia de sol no torneio de 200 mil euros em prémios monetários, o campeão nacional fez 69 pancadas, 3 abaixo do Par do Gloria Golf Club, em Antalya, que o deixam no grupo dos 29.º classificados.

No mês passado, no torneio de abertura do Challenge Tour, o Open do Quénia, o profissional do Victoria Clube de Golfe foi 16.º (-8), sendo esse o posto que ocupa na Corrida para Omã.

"O campo está em ótimas condições», escreveu Ricardo Santos na sua conta oficial do Facebook, recordando que veio bem rodado para a Turquia, depois de ter conquistado o seu terceiro título da época no Portugal Pro Golf Tour:

"Na semana passada estive em Óbidos a jogar dois torneios do Portugal Pro Golf Tour para preparar-me da melhor forma possível para esta semana. Terminei no 2.º lugar no primeiro torneio e saí vencedor do segundo, depois de um play-off de 5 buracos."

O líder do Challenge da Turquia é o finlandês Tapio Pulkkanen, que esteve sublime com 62 (-10), mantendo a boa forma que o levou no ano passado a conquistar 5 títulos na Nordic Golf League.

Veja mais em www.golftattoo.com