Brahimi castigado com dois jogos de suspensão

Conselho de Disciplina considera que o argelino fez "gestos ameaçadores" durante o jogo com o Sp. Braga.

LUSA/HUGO DELGADO
Foto
LUSA/HUGO DELGADO

Yacine Brahimi vai falhar os dois próximos jogos do calendário do FC Porto, frente ao Feirense e ao Desportivo de Chaves. O argelino foi castigado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol com duas partidas de suspensão, na sequência da expulsão de que foi alvo no encontro do passado fim-de-semana, com o Sp. Braga.

De acordo com o jornal A Bola, o CD entendeu que Brahimi fez "gestos ameaçadores e reveladores de indignidade" e que se dirigiu ao árbitro "a gritar palavras de forma brusca e agressiva, tendo encostado a sua face à face daquele". O jogador, recorde-se, acabou por ver o cartão vermelho quando já se encontrava no banco suplentes, depois de ter sido substituído.

Com a ausência de Brahimi - que foi também multado em 765 euros -, Nuno Espírito Santo perde um dos jogadores mais influentes no processo ofensivo do FC Porto e aquele que mais desequilíbrios tem provocado nas defesas contrárias, através de acções individuais.

Para além do extremo argelino, também Luís Gonçalves, director-geral da SAD do FC Porto, foi castigado com 30 dias de suspensão e uma multa de 1913 euros, por "injúrias e ofensas à reputação da equipa de arbitragem".