Fotogaleria
Fotogaleria

108 blocos de cortiça portuguesa em Tel-Aviv

Uma artista israelita construiu Blocks uma mega instalação de cortiça. Os blocos são portugueses

Blocks são 108 blocos de cortiça que se estendem ao longo da área de lazer do Museu de História Natural em Tel Aviv, Israel. A obra é assinada pela artista e designer Rona Mayuchas-Koblenz, mas os blocos são portugueses, da corticeira Amorim.

A disposição dos blocos foi pensada para respeitar o relevo natural do espaço. Rona explica que decidiu usar três tipos diferentes de cortiça para obter os mesmo efeitos que habitualmente podem ser encontrados nos mapas topográficos “não apenas em cores, mas também em textura”.

Para Rona, a obra é para ser sentida enquanto se convive com vista para os jardins botânicos do Museu. A cortiça tem propriedade de absorção sonora que devolvem a calma às vozes que se façam ouvir durante as conversas que ali se fizerem – ideal para combinar com a calma dos jardins. Além das características de isolamento acústico, a artista explica ainda que o material é “resistente e durável”.

A corticeira Amorim já tinha trabalhado antes com a artista israelita, que encarou a oportunidade de trabalhar com este material novamente com entusiamo. “Era clara a necessidade de escolher um material sustentável, alinhado com a essência do próprio Museu de História Natural e os seus jardins botânicos”, explica a artista.