Problema no airbag. Toyota chama 7000 carros em Portugal

O problema está a afectar dois modelos, produzidos entre 2010 e 2012.

Em causa estão os airbags da marca Takata
Foto
Em causa estão os airbags da marca Takata Reuters/Nicky Loh/Reuters

A Toyota Caetano vai chamar sete mil carros da marca japonesa às oficinas em Portugal devido a problemas com sistema de airbag. Em causa estão os modelos Auris e Corolla produzidos entre 2010 e 2012, escreve o Dinheiro Vivo.

Esta quinta-feira, a marca japonesa anunciou que são 2,9 milhões o número de automóveis afectados em todo o mundo. Destes, 7009 estão em Portugal. Ao modelo Auris E150 correspondem 6607, produzidos entre Janeiro de 2010 e Setembro de 2012. Os restantes correspondem ao modelo Corolla E150, produzidos entre 2010 e 2012.

A recolha será feita nas próximas semanas, esclarece fonte da representação portuguesa da Toyota em declarações ao Dinheiro Vivo. A empresa “vai contactar directamente os clientes das viaturas envolvidas (por carta registada) para que, mediante a sua disponibilidade, se desloquem com as viaturas à Rede Oficial de Concessionários Toyota”.

O processo de reparação a cada automóvel será de “aproximadamente duas horas”.

“Os veículos em causa estão equipados com um airbag do condutor e/ou passageiro de origem Takata, que em caso de deflagração do mesmo, resultante de um acidente, pode existir a possibilidade de ruptura do sistema pirotécnico do airbag, reduzindo a sua eficácia”, cita o Dinheiro Vivo.

Os problemas com os airbags da marca Takata não são exclusivos à Toyota e já causaram a morte a pelo menos 16 pessoas nos Estados Unidos. Mais de 100 milhões de carros já tiveram de ser reparados em todo o mundo devido a esta situação.