Perguntas e Respostas

A hepatite A tem tratamento? Quais são os sintomas?

Esclarecimentos no âmbito do surto que já soma 115 casos registados.

Foto
A doença tem uma evolução geralmente benigna Rui Gaudêncio

A hepatite A tem tratamento?
Não, não há um tratamento específico, apenas são tratados os sintomas da infecção.  A doença tem uma evolução geralmente benigna e pode ser assintomática. A principal forma de contágio é através da via fecal-oral e, ao contrário das hepatites B e C, que podem evoluir para cronicidade, a hepatite A é uma doença que raramente é mortal.

Quais são os sintomas?
A infecção pode ser assintomática ou pode manifestar-se através de cansaço, debilidade muscular, perda de apetite, diarreia e vómitos, ou outro tipo de sintomas parecidos com uma virose qualquer (dor de cabeça, calafrios e febre). Os sintomas mais significativos são a icterícia (olhos amarelos), as fezes claras e a urina escura, mas não se manifestam em todos os doentes.

O que devem fazer as pessoas que têm comportamentos de risco?
Nessa situação, devem discutir com o seu médico assistente se faz sentido a vacinação e devem adoptar medidas de precaução básicas, como a higiene genital e anal sempre que têm relações sexuais.

Este surto de hepatite A é motivo para alarme para a população?
Não. Portugal é hoje considerado um país de baixa endemicidade. A situação epidemiológica é actualmente muito diferente daquela que se vivia antes de 1980 do século passado. A partir dessa altura, quando “grandes obras públicas de saneamento tiveram lugar”, assistiu-se, “de forma muito marcada, à redução progressiva da incidência da doença e do risco de a adquirir”, diz a Direcção-Geral da Saúde.

Sugerir correcção