Samsung desvendou o seu assistente pessoal. Chama-se Bixby

O novo telemóvel da Samsung, o Galaxy S8, virá com um assistente pessoal dotado de inteligência artificial, seguindo o caminho de empresas como o Google, a Apple e a Amazon.

A Samsung quer o Bixby a funcionar em todos os seus dispositivos,
Foto
A Samsung quer o Bixby a funcionar em todos os seus dispositivos, Kim Hong-Ji / Reuters

O novo telemóvel Galaxy S8 da Samsung virá com um extra inteligente: Bixby, o primeiro assistente de voz virtual fabricado pela marca. “É a máquina que tem de aprender a adaptar-se ao ser humano e não o contrário,” argumenta o actual director de tecnologia da Samsung, Injong Rhee, ao apresentar o novo serviço de inteligência artificial nesta segunda-feira.

Várias empresas já lançaram há muito os seus assistentes com inteligência artificial. É o caso da Siri, lançada pela Apple para o iPhone em 2011, do Google Now (que está nos telemóveis Android, incluíndo os da Samsung), ou da Alexa (um aparelho da Amazon). Segundo a empresa sul-coreana, o novo serviço difere dos outros assistentes de voz já no mercado: o Bixby é descrito como um “agente” a partir do qual o utilizador pode aceder a qualquer programa em qualquer dispositivo (desde o smartphone ao ar condicionado, algo que a Samsung também fabrica) a partir de comandos de voz, sem ter de navegar pequenos ecrãs sensíveis ao toque com cada vez mais informação.

“Vai ser possível controlar o ar condicionado ou a televisão através do Bixby," explica Injong Rhee. "Como o Bixby vai funcionar num sistema de nuvem [armazenamento online], basta que o aparelho tenha uma conexão à Internet e circuitos que permitam a capacidade de receber comandos de voz.” 

O Bixby não precisará de frases específicas para funcionar, diz o director de tecnologia da Samsung: “O Bixby vai ser inteligente o suficiente para perceber comandos com informação incompleta”, podendo “solicitar aos utilizadores que forneçam mais informação caso necessário”. Também será capaz de perceber o contexto em que está a ser utilizado, e funciona alternadamente (de acordo com a preferência dos utilizadores) via comandos de voz ou através do ecrã.

Os donos do novo Samsung Galaxy S8 – com lançamento agendado para dia 29 de Março – vão ser os primeiros a experimentar a versão inicial do serviço, através de um conjunto de aplicações pré-instaladas no telemóvel. Porém, Injong Rhee avisa que as funcionalidades do Bixby no telemóvel serão limitadas e que apenas se irão expandir gradualmente. O objectivo é que no futuro baste pressionar um botão (disponível num dos lados dos novos dispositivos da Samsung), para activar o Bixby. 

A Samsung vai permitir a terceiros desenvolver as suas próprias aplicações e serviços compatíveis com o Bixby.