Torne-se perito

Polémica com decote de Emma Watson revela "equívocos sobre o que é feminismo"

"Não sei o que é que os meus seios têm que ver com isso", afirma a actriz.

Foto
"O feminismo é sobre a escolha da mulher, não é uma vara para bater nas outras mulheres." Reuters/MARIO ANZUONI

A actriz britânica Emma Watson afirma que as críticas a uma sessão fotográfica para a revista Vanity Fair, onde uma fotografia em que partes dos seus seios aparecem expostas gerou acusações de que a jovem traiu os seus ideais feministas, são um sinal dos “equívocos que existem sobre o que é o feminismo”. “Dizem que não posso ser feminista e ter seios”, ironizou a actriz, numa entrevista à BBC.

A sessão fotográfica para a revista Vanity Fair, liderada pelo aclamado fotógrafo de moda Tim Walker, mostrava Emma Watson com um bolero branco, sem soutien por baixo, e parte dos seus seios à mostra. "Estas situações revelam sempre quantos equívocos e mal-entendidos existem sobre o que é o feminismo", afirmou à Reuters. 

"O feminismo é sobre a escolha da mulher, não é uma vara para bater nas outras mulheres. Tem que ver com a liberdade, com a libertação, com a igualdade. De facto não sei o que é que os meus seios têm que ver com isso. Estou confusa, muita gente está confusa”, afirmou a actriz, que é porta-voz da campanha nas Nações Unidas #HeForShe, que tenta levar os homens a defenderem o feminismo.

"Nós fizemos imensas coisas loucas nessa sessão, mas foi incrivelmente artística e senti-me mesmo envolvida criativamente”, descreveu a artista, que afirma estar encantada com as fotografias “interessantes e bonitas” que foram publicadas.

Emma Watson, uma das protagonistas da saga Harry Potter e Embaixadora de Boa Vontade das Nações Unidas desde 2014, está a promover o seu último filme, a nova versão live-action de A Bela e o Monstro.

A participação Emma Watson no filme foi marcada pelo seu activismo feminista. Em declarações à Vanity Fair, a actriz revelou que trabalhou com a figurinista Jacqueline Durran para incorporar bolsos no seu vestido, “como se fosse um cinto de ferramentas”. Além disso, na versão animada, Belle monta a cavalo num vestido longo e sapatilhas de seda, mas na nova versão, a princesa tem, em vez disso, um par de botas de equitação. Questionada pela Entertainment Weekly sobre a influência da Síndrome de Estocolmo no romance, Emma Watson nega que seja o caso e sublinha que Belle “mantém a sua independência e a sua liberdade de pensamento”.

Sugerir correcção