Torne-se perito

Óscares 2017: A noite dos trolls

Cerimónia teve final trágico-burlesco, com o prémio de melhor filme a ser, por engano, entregue a La La Land. O verdadeiro vencedor foi Moonlight.

A 89.ª cerimónia de entrega dos Óscares vai ficar para a história, sim, mas não pelos motivos que se antecipavam: a política, os estrangeiros ausentes (como o iraniano Asghar Faradi, que conquistou mesmo o prémio para o melhor filme em língua estrangeira), a barragem anti-Trump que tem tido nalgumas estrelas de Hollywood os principais intérpretes. Tudo isso teve o seu peso e o seu lugar na cerimónia, é verdade, mas a "história" estava reservada para o final. Naquilo que só pode ser descrito como um "golpe de teatro", Warren Beatty, que com Faye Dunaway (e a pretexto do 50.º aniversário do Bonnie & Clyde de Arthur Penn, que ambos protagonizaram) apresentava o último e principal Óscar, o de melhor filme, anunciou La La Land como vencedor, a plateia aplaudiu, os produtores do filme de Damien Chazelle subiram ao palco, e já estavam embalados nos discursos de agradecimento quando alguém avisou que afinal o verdadeiro vencedor era Moonlight.

Seguiram-se momentos para uma antologia dos Óscares — os produtores de La La Land a darem lugar aos de Moonlight, o apresentador Jimmy Kimmel a perguntar "o que fizeste, Warren?", Warren Beatty a jurar que "não estava a tentar ser engraçado" e a explicar que lhe deram o envelope errado, para espanto de quem assistia "in loco" ou via TV e durante largos momentos foi incapaz de decidir se estava a assistir a uma monumental gaffe digna de um concurso de talentos amadores ou a uma encenação altamente sofisticada com propósitos misteriosos (como, por exemplo, os de ilustrar uma ideia dos famigerados "factos alternativos"). Foi uma gaffe, juraram todos; mas por certo que ao longo dos próximos dias a história se esmiuçará até ao mais ínfimo pormenor.

Este final trágico-burlesco acabou por ser o inesperado centro das atenções duma cerimónia que talvez tenha sido, nos últimos anos, a que melhor encontrou um equilíbrio entre a sobriedade e a necessidade de espectáculo. O estreante Kimmel foi pragmático sem ser ostensivo, e capaz do tom justo, algures entre a leveza e a seriedade deadpan, na maneira de lidar com as várias questões políticas que pairavam sobre a cerimónia. Que, pontualmente, explodiram, com clímax no discurso de aceitação do Óscar de Faradi, lido por uma astronauta irano-americana (o realizador estava, como se sabe, ausente, por respeito para com os seus compatriotas e para com os nacionais dos outros seis países visados na mais polémica "ordem executiva" até agora assinada pelo Presidente Trump),

Quanto a prémios, se se esperava, pelas 14 nomeações, um passeio de La La Land, ele acabou por não se verificar. A distribuição foi relativamente variada, e os seis Óscares do filme de Chazelle significam que acabou por perder mais do que os que ganhou - incluindo o principal, depois daquele faux pas do final. Moonlight também: ganhou três em oito mas ficou com o mais importante, o Óscar de melhor filme.

Lista completa dos vencedores

De resto, há a destacar os dois prémios de Manchester by the Sea (melhor argumento e melhor actor, Casey Affleck) e o dois de Hacksaw Ridge, de Mel Gibson (melhor montagem e melhor mistura de som). Damien Chazelle foi o melhor realizador e, na única decisão verdadeiramente imperdoável da noite, Isabelle Huppert foi preterida, como melhor actriz, pela insípida mas pelos vistos inevitável Emma Stone.

Entre os prémios honoríficos, deve-se destacar um gesto de reconhecimento para um enorme cineasta que não podia estar mais longe do universo dos Óscares: Frederick Wiseman, aos 87 anos, foi agraciado pela Academia.

Mas a noite era de foco nos trolls. A conta de Twitter de Donald Trump foi projectada em grande no écrã da sala onde decorria a cerimónia, e alguns actores (como Robert de Niro, que disse um "fuck you") leram em voz alta "tweets" que internautas anónimos escreveram sobre eles (alguns verdadeiramente ofensivos, outros apenas boas piadas). Pensava-se que, depois, desse momento, já bastava de trolls. Mas não, depois veio Warren Beatty, o maior troll da noite.

PÚBLICO - <i>Moonlight</i>: o dramaturgo Tarell Alvin McCraney (à esquerda) e o realizador Barry Jenkins (à direita)
Moonlight: o dramaturgo Tarell Alvin McCraney (à esquerda) e o realizador Barry Jenkins (à direita) Reuters/LUCAS JACKSON
PÚBLICO - Viola Davis conquistou o seu primeiro Óscar pelo papel em <i>Vedações</i>
Viola Davis conquistou o seu primeiro Óscar pelo papel em Vedações Reuters/LUCAS JACKSON
PÚBLICO - Sting interpretou o tema <i>The Empty Chair</i>, nomeado para melhor canção original
Sting interpretou o tema The Empty Chair, nomeado para melhor canção original Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Charlize Theron e Shirley MacClaine apresentaram a categoria de melhor filme estrangeiro
Charlize Theron e Shirley MacClaine apresentaram a categoria de melhor filme estrangeiro Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - A astronauta iraniano-americana Anousheh Ansari subiu ao palco para receber o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em nome de Asghar Farhadi
A astronauta iraniano-americana Anousheh Ansari subiu ao palco para receber o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em nome de Asghar Farhadi Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Depois de 21 nomeações, Kevin O'Connell vence o seu primeiro Óscar, na categoria de Mistura de Som
Depois de 21 nomeações, Kevin O'Connell vence o seu primeiro Óscar, na categoria de Mistura de Som Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Auli'i Cravalho interpretou a música do filme de animação <i>Vaiana</i>, que estava nomeada para melhor canção original
Auli'i Cravalho interpretou a música do filme de animação Vaiana, que estava nomeada para melhor canção original Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - As actrizes do filme "Elementos Secretos" na apresentação do vencedor para Melhor Documentário
As actrizes do filme "Elementos Secretos" na apresentação do vencedor para Melhor Documentário Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - As actrizes do filme "Elementos Secretos com Katherine Johnson, na apresentação do vencedor para Melhor Documentário
As actrizes do filme "Elementos Secretos com Katherine Johnson, na apresentação do vencedor para Melhor Documentário Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Mahershala Ali conquistou o Óscar de melhor actor secundário pela sua interpretação em <i>Moonlight</i>
Mahershala Ali conquistou o Óscar de melhor actor secundário pela sua interpretação em Moonlight Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Alicia Vikander, que o ano passado recebeu o Óscar de melhor actriz secundária <i>A Rapariga Dinamarquesa</i> entregou este ano o prémio de melhor actor secundário
Alicia Vikander, que o ano passado recebeu o Óscar de melhor actriz secundária A Rapariga Dinamarquesa entregou este ano o prémio de melhor actor secundário Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - A cerimónia dos Óscares arrancou com Justin Timberlake
A cerimónia dos Óscares arrancou com Justin Timberlake Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Jimmy Kimmel foi o apresentador da 89.ª cerimónia dos Óscares
Jimmy Kimmel foi o apresentador da 89.ª cerimónia dos Óscares Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - A cerimónia dos Óscares arrancou com a canção <i>Can't Stop the Feeling</i>, nomeada para melhor canção
A cerimónia dos Óscares arrancou com a canção Can't Stop the Feeling, nomeada para melhor canção Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - A cerimónia dos Óscares arrancou com uma actuação de Justin Timberlake
A cerimónia dos Óscares arrancou com uma actuação de Justin Timberlake Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Jimmy Kimmel escreveu duas mensagens ao Presidente Trump via Twitter. Primeiro uma mensagem simples "estás acordado?". Depois uma hashtag - #merylsayshi, que é como quem diz "a Meryl diz olá".
Jimmy Kimmel escreveu duas mensagens ao Presidente Trump via Twitter. Primeiro uma mensagem simples "estás acordado?". Depois uma hashtag - #merylsayshi, que é como quem diz "a Meryl diz olá". Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Orlando von Einsiedel and Joanna Natasegara, vencedores na categoria de melhor curta documental
Orlando von Einsiedel and Joanna Natasegara, vencedores na categoria de melhor curta documental Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Jimmy Kimmel brincou com Sunny Pawar, o actor de 8 anos que protagoniza o filme <i>Lion</i>
Jimmy Kimmel brincou com Sunny Pawar, o actor de 8 anos que protagoniza o filme Lion Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Byron Howard, Rich Moore e Clark Spencer, vencedores na categoria de filme de animação por <i>Zootrópolis</i>
Byron Howard, Rich Moore e Clark Spencer, vencedores na categoria de filme de animação por Zootrópolis Reuters/LUCAS JACKSON
PÚBLICO - Michael J Fox  e Seth Rogen chegaram ao palco num DeLorean (o mítico carro da trilogia <i>Regresso ao Futuro</i>
Michael J Fox e Seth Rogen chegaram ao palco num DeLorean (o mítico carro da trilogia Regresso ao Futuro Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Michael J Fox  e Seth Rogen chegaram ao palco num DeLorean (o mítico carro da trilogia <i>Regresso ao Futuro</i>
Michael J Fox e Seth Rogen chegaram ao palco num DeLorean (o mítico carro da trilogia Regresso ao Futuro Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares
Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares
Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares
Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Meryl Streep e Javer Bardem juntos na apresentação de uma categoria
Meryl Streep e Javer Bardem juntos na apresentação de uma categoria LUSA/AARON POOLE / AMPAS
PÚBLICO - Por duas vezes, caíram doces sobre a plateia do Dolby Theatre, em Los Angeles
Por duas vezes, caíram doces sobre a plateia do Dolby Theatre, em Los Angeles Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - John Legend interpretou os dois temas de <i>La La Land</i> nomeados para o Óscar de melhor canção original
John Legend interpretou os dois temas de La La Land nomeados para o Óscar de melhor canção original Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares
Um dos momentos mais caricatos da cerimónia aconteceu com um grupo de turistas que aterrou de surpresa na cerimónia dos Óscares Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Sting actuou na cerimónia deste ano, interpretando o seu tema nomeado como melhor canção original
Sting actuou na cerimónia deste ano, interpretando o seu tema nomeado como melhor canção original Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - Faye Dunaway e Warren Beatty ficaram responsáveis por entregar o prémio de Melhor Filme
Faye Dunaway e Warren Beatty ficaram responsáveis por entregar o prémio de Melhor Filme Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - O momento em que a produção e os supostos vencedores se apercebem do erro
O momento em que a produção e os supostos vencedores se apercebem do erro Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - O momento em que a produção e os supostos vencedores se apercebem do erro
O momento em que a produção e os supostos vencedores se apercebem do erro Reuters/LUCY NICHOLSON
PÚBLICO - O momento em que um dos produtores de <i>La La Land</i> abraça o realizador de <i>Moonlight</i>
O momento em que um dos produtores de La La Land abraça o realizador de Moonlight Reuters/LUCY NICHOLSON
Fotogaleria

La La Land

  • Realizador: Damien Chazelle
  • Actriz: Emma Stone
  • Direcção de arte: David Wasco e Sandy Reynolds-Wasco
  • Fotografia: Linus Sandgren
  • Banda sonora original: Justin Hurwitz
  • Canção: City of Stars, de Justin Hurwitz, Benj Pasek e Justin Paul

Moonlight

Manchester By The Sea

Hacksaw Ridge

  • Mistura de som: Kevin O'Connell, Andy Wright, Robert Mackenzie e Peter Grace
  • Montagem: John Gilbert

Vedações

O Primeiro Encontro

  • Montagem de som: Sylvain Bellemare

Esquadrão Suicida

  • Caracterização: Alessandro Bertolazzi, Giorgio Gregorini e Christopher Allen Nelson

O Livro da Selva

  • Efeitos visuais: Robert Legato, Adam Valdez, Andrew R. Jones e Dan Lemmon

Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los

  • Guarda-roupa: Colleen Atwood

O Vendedor

O.J.: Made in America

The White Helmets

Mindenki

  • Curta-metragem: Kristóf Deák e Anna Udvardy

Zootrópolis

Piper

  • Curta-metragem de animação: Alan Barillaro, Marc Sondheimer
Sugerir correcção