O Óscar de Argumento Adaptado foi para Moonlight

Mais um realizador a vencer o prémio para um guião que também filmou.

Foto
DR

O guião de Moonlight, de Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney, foi o vencedor Óscar de Melhor Argumento Adaptado. A sala gritou de entusiasmo com o prémio do filme que já tem também o Óscar de Melhor Actor Secundário e os seus autores dedicaram o prémio aos rapazes e raparigas de todas as cores cujas histórias quiseram contar. 

Na mesma categoria, estavam nomeados O Primeiro Encontro (Eric Heisserer), Vedações (August Wilson), Elementos Secretos (Allison Schroeder e Theodore Melfi) e Lion, a Longa Estrada para Casa (Luke Davis)

Nos prémios Writers Guild of America, que costumam ser um indicador forte para estes prémios no final da temporada, as decisões foram inconclusivas como pistas para estes Óscares - Moonlight Primeiro contacto (Arrival) venceram nas categorias de Argumento Original e Argumento Adaptado, respectivamente, mas nos Óscares estavam nesta mesma secção: a de Argumento Adaptado.