Torne-se perito

Trump explica ataque terrorista inventado: “Vi na Fox News”

O Presidente norte-americano diz que a sua referência à situação na Suécia, no seu discurso deste sábado, referia-se a uma reportagem transmitida na Fox News.

Foto
“As minhas declarações sobre o que se está a passar na Suécia referem-se a uma reportagem que passou na Fox News sobre imigrantes na Suécia” Reuters/KEVIN LAMARQUE

O Presidente dos EUA, Donald Trump, explicou a sua referência a um alegado ataque terrorista na Suécia – que nunca existiu – com uma reportagem transmitida pela Fox News. A referência foi feita num comício pelo Presidente, na Flórida, quando argumentava a favor do controlo de fronteiras mais musculado. 

“As minhas declarações sobre o que se está a passar na Suécia referem-se a uma reportagem que passou na Fox News sobre imigrantes na Suécia”, referiu Trump este domingo, numa publicação no Twitter. Na sequência da alusão ao falso ataque terrorista, o ex-primeiro ministro sueco, Carl Bildt, questionou o que teria o Presidente norte-americano “andado a fumar”. A conta oficial da Suécia no Twitter publicou prontamente um esclarecimento. “Não, não aconteceu nada na Suécia. Não houve ataques terroristas. Nada”, afirmou Emma, a curadora da conta

No sábado à noite, Trump tinha-se referido a um ataque terrorista na Suécia que nunca existiu para justificar o reforço das medidas anti-imigração. A reportagem em questão terá sido transmitida no programa de Tucker Carlson, na Fox News, abordando questões sobre imigração e os níveis de criminalidade na Suécia.

Perante uma plateia de cerca de 9000 pessoas na Flórida, o Presidente dos EUA voltou a criticar os “media desonestos”, que “têm a sua própria agenda” e inventam notícias para condicionarem a maneira como os norte-americanos percepcionam a realidade.

No mesmo discurso, contudo, Trump "inventou" o suposto ataque terrorista na Suécia.

“Vejam o que está a acontecer na Alemanha, vejam o que aconteceu ontem à noite na Suécia”, disse o Presidente norte-americano. “A Suécia. Quem é que havia de acreditar numa coisa desta? A Suécia”, insistiu o líder norte-americano.

“Eles [os suecos] receberam imensa gente e estão a ter problemas como nunca julgaram vir a ser possível”, afirmou Trump, prosseguindo com referências a cidades europeias onde se verificaram ataques terroristas: “Vejam o que aconteceu em Bruxelas e o que está a acontecer em todo o mundo (...) olhem para Nice, olhem para Paris”.

Sugerir correcção