Hat-tricks de Zlatan e Dzeko "apuram" Mourinho e Roma

Ricardo Quaresma não marcou mas o Besiktas tem tudo para seguir em frente na Liga Europa.

Reuters/Jason Cairnduff
Foto
Reuters/Jason Cairnduff

O Manchester United de José Mourinho venceu esta quinta-feira o Saint-Étienne com três golos de Zlatan Ibrahimovic (15', 75' e 88’), vantagem que defenderá na segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa, em França. O avançado sueco “castigou” os franceses, aumentando para 17 os golos apontados em 14 jogos frente ao adversário desta noite, construindo um resultado sólido.

"Ibra" decidiu o encontro instantes depois de o Saint-Étienne ter desperdiçado uma ocasião flagrante para igualar o confronto marcado pelo primeiro encontro em campos opostos dos irmãos Paul e Florentin Pogba, completando o hat-trick a dois minutos do final.

Para além do Manchester United, também a Roma logrou definir a eliminatória, ao vencer o Villarreal, por 0-4, na deslocação a Espanha, com Dzeko a assinar um hat-trick (65', 79' e 86’), depois de Emerson Palmieri (32’) ter indicado o caminho dos “oitavos”.

Ricardo Quaresma não marcou, mas o Besiktas saiu de Israel com uma vitória (1-3) que lhe dá boas perspectivas de apuramento frente ao Hapoel Beer Sheva, no duelo entre os campeões dos dois países.

Na Grécia, depois do empate do Olympiacos, também o PAOK teve entrada em falso, perdendo (0-3) frente aos alemães do Schalke 04 e comprometendo a eliminatória.

A tempo de evitar um dissabor, o Athletic Bilbau virou para 3-1 frente ao APOEL de Nuno Morais, corrigindo a entrada em falso no San Mamés, mas não evitou o segundo golo da formação de Nicósia (3-2).

Sem hesitações, o Anderlecht subjugou o Zenit com um bis de Acheampong (5' e 31’), gerindo na segunda parte.

Sem registo de golos, Legia e Ajax adiaram tudo para Amesterdão, depois de há duas épocas os holandeses terem passeado pela eliminatória com um total de 4-0.