Moullinex vai andar a dar groove aos Estados Unidos em Março

A criação de Luís Clara Gomes estará no South By Southwest, dia 15 de Março, integrada numa comitiva Discotexas. Depois parte para uma digressão de quatro datas em território americano.

Luís Clara Gomes liderando a Moullinex Band no último festival de Paredes de Coura
Foto
Luís Clara Gomes liderando a Moullinex Band no último festival de Paredes de Coura Paulo Pimenta

São dez anos de Discotexas, a editora e promotora portuguesa de olhos postos no mundo, aquela onde encontramos Xinobi, Moullinex ou Da Chick. Uma década celebrada em local porventura inesperado, mas, bem vistas as coisas, muito adequado: dia 15 de Março, o afamado festival South By Southwest acolherá um “pic-nic” Discotexas, em que participarão Moullinex, Xinobi, Throes + The Shine e Da Chick. South By Southwest que acontece desde 1987 em Austin, no Texas (aí está).

O festival, que este ano decorre entre 10 e 19 de Março, é uma das maiores montras mundiais de música, reunindo a programação de centenas de concertos para público interessado, como em todos os festivais, com o propósito de revelar novos nomes à miríade de agentes da indústria musical de todo o mundo que o visitam anualmente – o seu paralelo europeu será o Eurosonic, em Groningen, na Holanda, que teve na edição deste ano Portugal como país convidado.

A apresentação da comitiva Discotexas, fundada por Xinobi e Moullinex, acontecerá no The Townsend. O início está marcado para as 19h e a festa prolongar-se-á madrugada dentro. A incursão americana continuará nos dias seguintes, com Moullinex, acompanhado de Xinobi e Da Chick, a actuar depois no The Echo, em Los Angeles (dia 16), no Neck Of The Wood, em São Francisco (dia 17), no Baby’s All Right, em Nova Iorque (dia 18), e no Songbird Music House, em Washington (20 de Março).

Moullinex, nome artístico de Luís Clara Gomes, divide-se entre o seu trabalho enquanto produtor e DJ e as edições em que dá travo orgânico às criações electrónicas que marcaram o início do seu percurso. Autor dos álbuns Flora (2012) e Elsewhere (2015), discos que se destacaram nos anos em que foram respectivamente lançados, prepara novo trabalho para 2017. Open house, o seu novo tema, antecipa o que poderemos esperar dele.