GNR

Boneco de peluche escondia haxixe para agricultor

Encomenda foi recebida numa estação dos Correios da Horta, nos Açores.
Foto
O brinquedo estava recheado de cannabis GNR

Seiscentas doses de haxixe dissimuladas num boneco de peluche foram apreendidas pela GNR na Horta, ilha do Faial, nos Açores, no âmbito de uma acção de fiscalização que culminou na detenção de um homem, foi anunciado esta terça-feira.
Em comunicado, a GNR informa que deteve ontem um homem de 29 anos por suspeita de tráfico de estupefacientes.
"A acção foi o resultado de uma investigação, iniciada três dias antes, quando um binómio cinotécnico [um homem e um cão da Guarda] detectou uma encomenda postal com 600 doses de haxixe dissimuladas num boneco de peluche, recebida numa estação dos Correios", adianta a GNR. Segundo o mesmo comunicado, as diligências que se seguiram "permitiram deter o suspeito a quem a encomenda era dirigida no momento em que a ia levantar."
Presente a tribunal, o arguido ficou em liberdade, condicionada a termo de identidade e residência, apresentações periódicas semanais, proibição de se ausentar da ilha e entrega do passaporte, disse o porta-voz da GNR nos Açores, Pedro Rosa.
Agricultor de profissão, o suspeito "já estava referenciado pela alegada prática do crime de tráfico de estupefacientes", referiu Pedro Rosa. 

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos