Ler com realidade aumentada

Histórias de 5 Minutos parece um livro como os outros. Mas não é.

Fotogaleria
Histórias de 5 minutos dr
Fotogaleria
dr
Fotogaleria
A aplicação Porto Editora Kids dr

Histórias de 5 minutos, da Porto Editora, parece um livro como os outros. Mas não é. Tem uma capa dura, umas trinta páginas com três histórias ilustradas com o extraterrestre Alfa e pode até ser folheado e lido como um vulgar livro infanto-juvenil. No entanto, se tivermos à mão um smartphone ou um tablet e uma ligação de dados ou wi-fi para se descarregar a aplicação Porto Editora Kids, que está disponível quer na App Store (para iPhones e iPads com sistema iOs) quer no Google Play (para o sistema Android), a experiência de leitura pode ser enriquecida.

Nessa altura, Histórias de 5 minutos transforma-se num livro interactivo com animações 3D, e para usufruir dele não é necessário ter uma ligação à Internet. Uma maneira de cativar para a leitura os mais pequenos, que torcem o nariz aos livros mas adoram brincar com o telemóvel ou o tablet e ver desenhos animados na televisão.  

Com esta aplicação de realidade aumentada destinada aos livros interactivos infanto-juvenis da Porto Editora é possível ouvir a narração de todas as páginas desta história e interagir com as personagens 3D, controlando-lhes os movimentos ou desencadeando reacções. Neste primeiro livro interactivo do extraterrestre Alfa, o efeito de surpresa é grande. A animação funciona bem (quer no sistema iOS, quer no Android), é divertido e embora seja tudo ainda um pouco básico podemos pressentir o que no futuro se poderá vir a fazer nesta área.

A aplicação é gratuita e foi criada pelo Lyft Creative Studio, uma empresa com sede em Vila Nova de Gaia. Ao abri-la somos confrontados com a pergunta: “Esta aplicação recolhe informações anónimas para monitorizar e optimizar a sua experiência de utilização. Autoriza a recolha? Sim ou não?”. De uma forma ou de outra, é possível entrar. Mas no passo seguinte temos de autorizar o acesso à nossa câmara do telemóvel ou do tablet. Depois basta seguir as instruções: “Para usufruíres ao máximo deste livro interactivo, aponta a câmara do teu smartphone ou tablet para as páginas do livro para ouvires as histórias e veres o Alfa e outras personagens ganharem vida!”, avisam-nos.

Logo na primeira história, intitulada O Monstro das Cócegas, se apontarmos para a ilustração do Alfa ouvimos o chilrear de passarinhos e o extraterrestre surge em 3D à nossa frente, suspenso, por cima das páginas do livro vistas através do ecrã.

Se com o nosso dedo formos tocar neste Alfa que nos aparece no ar através da superfície do ecrã, ele desata a rir-se às gargalhadas. Claro que tudo isto está relacionado com a história que nos está a ser contada. Isto porque todas as páginas deste livro incluem a respectiva locução, feita por Isabel Fernandes Pinto, embora só as páginas 3, 7, 11, 14 e 25 do livro incluam animações 3D.

Outra das histórias, A Irmã, aborda o problema da chegada de um irmão mais novo à vida de uma criança. Gaspar está triste por já não ser o centro da atenção dos pais. O Alfa mostra-lhe “um ecrã especial”, que tem na sua nave espacial, e que “nos permite ver coisas que aconteceram no passado”. Na animação em 3D  visualizamos esse momento em que Alfa mostra a Gaspar que em tempos foi tão pequeno como a sua irmã mais nova. E é assim até ao final do livro, a realidade aumentada vai completar a aventura da leitura.