Torne-se perito

Vítimas muçulmanas na maioria dos ataques esquecidos por Trump

Na lista de atentados partilhada pela Casa Branca foram esquecidas dezenas de ataques terroristas em países de maioria muçulmana e cujas vítimas eram cidadãos não-ocidentais.

Foto
A conselheira da Casa Branca Kellyanne Conway inventou um ataque terrorista no Kentucky, Trump alegou que os media não noticiam os atentados Kevin Lamarque/REUTERS

No início desta semana, o Presidente dos Estados Unidos acusou a imprensa de ignorar os ataques terroristas, depois de a sua conselheira para a comunicação, Kellyanne Conway, ter inventado um ataque terrorista no Kentucky. Para sustentar essa acusação, a Casa Branca emitiu uma lista que inclui 78 ataques, entre Setembro de 2014 e Dezembro de 2016 (maioritariamente concretizados ou inspirados pelo Daesh) e que “não tiveram a atenção que mereciam”.

Numa primeira análise dos 78 ataques referenciados, uma pesquisa online pelas principais publicações norte-americanas é possível perceber que foram raros os casos em que não houve referência aos atentados.

Por outro lado, a lista partilhada pela Casa Branca centra-se nos ataques que atingiram vítimas ocidentais deixando excluídos, no mínimo, mais de quatro dezenas de atentados.

Dos 78 ataques listados entre Setembro de 2014 e Dezembro de 2016, 36 ocorreram entre Janeiro e Dezembro do último ano. Nesse período, houve pelo menos mais 42 ataques terroristas que não integram a lista da Casa Branca e que correspondem, dominantemente, a países de maioria muçulmana.

Contas feitas, na lista elaborada pelo PÚBLICO com base nos artigos publicados online entre Janeiro e Dezembro de 2016, existem mais ataques a países de maioria muçulmana do que a países ocidentais – e todos eles foram, igualmente, noticiados pela imprensa. 

À semelhança do que fizemos para a lista publicada pela Casa Branca, para além dos artigos do PÚBLICO (cujo link está acessível na localização do atentado), repetimos o exercício para alguns dos meios de comunicação norte-americanos de maior referência e com maior visibilidade: Washington Post, New York Times, Wall Street Journal, Fox ou CNN.

1. Ancara, Turquia

Outubro, 2015. Alvo: Pelo menos 95 mortos e 246 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

2. Beirute, Líbano

Novembro, 2015. Alvo: 43 mortos e 239 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

3. Telavive, Israel

Janeiro, 2016. Alvo: Dois mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

4. El-Ade, Somália

Janeiro, 2016
Notícias no Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

5. Ouagadougou, Burkina Faso

Janeiro, 2016. Alvo: Pelo menos 27 mortos e cerca de 30 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

6. Charsadda, Paquistão

Janeiro, 2016. Alvo: Pelo menos 30 mortos num campo universitário
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

7. Cabul, Afeganistão

Fevereiro, 2016. Alvo: Pelo menos 20 mortos e nove feridos
Notícias no New York Times, Wall Street Journal, Fox e CNN.

8. Mogadíscio, Somália

Fevereiro, 2016. Alvo: Cerca de uma dezena de mortos
Notícias no New York Times e Fox.

9. Ancara, Turquia

Fevereiro, 2016. Alvo: 28 mortos e 61 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

10. Ancara, Turquia

13 de Março, 2016. Alvo: 37 mortos

Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

11. Al-Asriya, Iraque

Março, 2016. Alvo: 32 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Fox e CNN.

12. Lahore, Paquistão

Março, 2016. Alvo: Pelo menos 70 mortos e mais de 300 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

13. Novoselitsk, Rússia

Abril, 2016. Alvo: Apenas os dois atacantes morreram
Notícia no New York Times

14. Cabul, Afeganistão

Abril, 2016. Alvo: Pelo menos 64 mortos e 347 feridos 
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

15. Nusaybin, Turquia

Maio, 2016. Alvo: Pelo menos três mortos e 14 feridos
Notícia The Guardian

16. Munique, Alemanha

Maio, 2016. Alvo: Um morto e três feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

17. Moukalla, Iémen 

Maio, 2016. Alvo: 25 mortos e 60 feridos

18. Istambul, Turquia

Junho, 2016. Alvo; 11 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

19. Midyat, Turquia

Junho, 2016. Alvo: Três mortos e mais de 50 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

20. Telavive, Israel

Junho, 2016. Alvo: Quatro mortos, seis feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

21. Halgan, Somália

Junho, 2016. Alvo: 43 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

22. Mogadíscio, Somália

Junho, 2016. Alvo: 15 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

23. Daca, Bangladesh

Julho, 2016. Alvo: 20 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

24. Medina, Arábia Saudita

Julho, 2016. Alvo: Quatro mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

25. Bagdad, Iraque

Julho, 2016. Alvo: 290 mortos
Notícias no New York Times, Wall Street Journal, Fox e CNN.

26. Balad, Iraque

Julho, 2016. Alvo: 35 mortos e mais de 50 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post e Wall Street Journal.

27. Munique, Alemanha

Julho, 2016. Alvo: Nove mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

28. Rouen, França

Julho, 2016. Alvo: Um morto
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

29. Mogadíscio, Somália

Julho, 2016. Alvo: 13 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal e CNN.

30. Gaziantep, Turquia

Agosto, 2016. Alvo: 51 mortos e 73 feridos
Notícia no New York Times

31. Quetta, Paquistão

Agosto, 2016. Alvo: 70 mortos

32. Cizre, Turquia

Agosto, 2013. Alvo: 11 mortos
Notícias Wall Street Journal, Fox e CNN.

33. Mardan, Paquistão

Setembro, 2016. Alvo:  12 mortos e 30 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

34. Cabul, Afeganistão

Setembro, 2016. Alvo:  24 mortos e 91 feridos
Notícias no New York Times, Wall Street Journal e CNN.

35. Khuzdar, Paquistão

Novembro, 2016. Alvo: 52 mortos
Notícias no New York Times e Wall Street Journal.

36. Karbala, Iraque

Novembro, 2016. Alvo: Oito mortos
Notícia na CNN.

37. Cabul, Afeganistão

Novembro, 2016. Alvo: 27 mortos
Notícias no New York Times, Wall Street Journal e CNN.

38. Istambul, Turquia

Dezembro, 2016. Alvo: 29 mortos e 166 feridos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

39. Cairo, Egipto

Dezembro, 2016. Alvo: 25 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

40. Áden, Iémen

Dezembro, 2016. Alvo: 49 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal e CNN.

41. Bagdad, Iraque

Dezembro, 2016. Alvo: 29 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal, Fox e CNN.

42. Istambul, Turquia

Dezembro, 2016. Alvo: 39 mortos
Notícias no New York Times, Washington Post, Wall Street Journal e  Fox.

NOTA: Das contas do PÚBLICO foram excluídos os ataques em território sírio, tais como o que aconteceram em Fevereiro, Março ou Abril, uma vez que o país vive em guerra.

Sugerir correcção